Falha no planejamento

28/07/2013

A verdade é que ninguém imaginava que o Inter perderia pro Náutico, ainda mais por 3 a 0.

Mas o PRÓPRIO Inter não poderia pensar assim.

D’Alessandro e Fabrício forçaram o terceiro cartão amarelo contra o SPFC. Damião e Índio foram preservados.

Tudo isso por causa do GRE-NAL.

Os três pontos do clássico são garantidos? Não, mas os de hoje poderiam ser.

Clássico é clássico! Todo mundo sabe que não há favoritos.

Enfim, deu problema no planejamento.

Anúncios

Hora de contratar

08/07/2013

Tá mais do que provado que para ser campeão brasileiro é preciso ter um grupo forte.

Todo ano o Inter é candidato ao título. Mas é bem verdade também, que faz tempo que não vê a cor dessa taça.

Já se foi Fred, Moledo… e até agora, só desembarcou o Jorge Henrique.

Tudo bem que o campeonato está no início, mas o Inter já perdeu pontos preciosos.

D’Alessandro deu a letra: é preciso contratar.

Acredito que dinheiro não falta, né? Afinal, o colorado fez um bom caixa com as últimas negociações.

O que falta então? Opções ou competência da diretoria?

Já passou da hora de reforçar o elenco.

Caso contrário vai ficar no quase mais uma vez.


Neymar e as redes sociais

27/05/2013

Confesso que bate saudades de falar de campeonato brasileiro nas segundas nesse período entre dezembro e maio. Mas agora estamos de volta com esse momento de revisar os bolões e traças estratégias e confabulações.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O nome do jogo não poderia ser outro: Robben. Sim, o cara que perdeu o pênalti diante do Chelsea na edição anterior. Sim! O cara que perdeu por cima três grandes chances de abrir o placar no sábado. Sim, um dos responsáveis pelo primeiro gol do jogo. Sim! O cara que aos 44 do segundo tempo e um gol belíssimo desengasgou, garantiu a vitória ao Bayern, foi eleito melhor em campo e chorou. Mas vamos lá, deixo aqui meu reconhecimento ao Borrusia que eliminou grandes times (eliminar Manchester City, Ajax, Shakhtar, Málaga e o Real Madrid) e jogou de igual para igual deixando até mesmo duvidoso para alguns o favoritismo do time de Robben.

Fazendo a ponte entre Europa e Brasil, esse foi um final de semana de despedida pelos lados de cá. Neymar, maior revelação dos últimos tempos do futebol brasileiro está de malas prontas para jogar com Lionel Messi. O jogo de domingo entre Santos e Flamengo foi o último do jogador pelo Peixe.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“Não é um adeus, é apenas um até logo”.

A notícia em si todo mundo já sabe, o que eu salientaria é a interação do Neymar com as redes sociais. Nada de coletiva. O atacante é muito jovem para isso. “Minha família e meus amigos já sabem a minha decisão. Segunda-feira assino contrato com o Barcelona”, postou no Instagram.


Afiado para o Clássico

25/11/2012

O Grêmio levou a sério o “treino” para o Grenal neste domingo. O tricolor fez 4 a 2 no Figueirense em pleno Orlando Scarpelli. O resultado, aliado à vitória do Atlético-MG sobre o Botafogo, deixou a decisão da vice-liderança para a rodada final, dando um brilho especial ao último Grenal disputado no estádio Olímpico.

 

Zé Roberto foi um dos responsáveis pela goleada contra o Figueira – Foto: Edu Andrade / Gazeta Press

Os responsáveis pela bela atuação desta tarde foram, para variar, Elano e Zé Roberto. Foi deles a jogada do primeiro gol da partida, que nasceu de um passe de Zé para Elano, que fugiu da marcação e tocou bonito para abrir o placar. No segundo gol, os papéis se inverteram. Elano cobrou escanteio e Zé Roberto ficou com a bola. O meia chutou de longe e marcou, com uma ajudinha do goleiro Tiago Volpi. Ainda deu tempo de Souza marcar o terceiro para o Grêmio, após outra cobrança de escanteio de Elano.

 

No segundo tempo, os gremistas diminuíram o ritmo. Com 3 a 0 a favor, o time tirou o pé do acelerador e deu espaço para o Figueira reagir. E a reação veio justamente de um centroavante criado no estádio Olímpico: Aloísio marcou dois gols, um de pênalti e outro em rebote após cobrança de falta. Após o susto dos 3 a 2, os gremistas acordaram. Elano, novamente decidindo o jogo, achou Leandro sozinho e passou a bola na medida certa para o atacante marcar o quarto gol gremista e afastar de vez qualquer perigo.

 

O Tricolor tem agora 70 pontos e chega no Grenal com 19 pontos de vantagem sobre o Inter, precisando vencer o clássico para garantir o vice-campeonato. Veremos se essa vantagem irá prevalecer ou se o Inter conseguirá reagir “aos 45 do segundo tempo” e acabar com a alegria do rival no final do Brasileirão.


Entre definições e indefinições

24/11/2012

Foi uma semana agitada futebolisticamente. Tivemos novidades em termos de Grêmio, Inter e até Seleção Brasileira. Essa última questão, inclusive, pode refletir diretamente no andamento das negociações da dupla Grenal.

 

Com a queda de Mano Menezes, o Internacional vislumbra novas possibilidades. Se os rumores sobre o novo técnico colorado antes giravam em torno de Dunga, agora Mano surge como um nome forte. É grande o interesse em sua vinda para o estádio Beira-Rio e, certamente, contatos serão feitos em breve. Dunga volta a ficar em segundo plano, neste caso.

 

Além do Inter, a Seleção também está em busca de um comandante. Os nomes que surgem como mais prováveis são Felipão, Muricy Ramalho e Tite. Caso Felipão seja confirmado, o Grêmio corre um sério risco de perder seu preparador físico, Paulo Paixão, que é parceiro de longa data do treinador. E, na verdade, o Grêmio já corre esse risco de qualquer forma, pois o Inter está disposto a contratar Paixão para formar a equipe técnica da próxima temporada.

Por enquanto, muitas especulações. De certo, apenas o acerto gremista com o Luxemburgo, que fica mais dois anos por aqui. Os pensamentos já estão voltados para 2013, restam apenas duas rodadas do campeonato brasileiro, mas só a última poderá trazer um pouco de emoção aqui para o sul. O Grenal, que será o último jogo oficial disputado no estádio Olímpico, pode ser um belo encerramento para o bom ano do Grêmio ou servir de consolo para o Inter, que vencendo o rival poderá ao menos terminar o ano de forma digna e dando uma última alegria para a torcida colorada, que ficou carente disso em 2012. Aguardaremos!


Empate gremista derruba mais um paulista

18/11/2012

Depois de ser o responsável pelo rebaixamento do Corinthians em 2007, hoje foi a vez do Grêmio decretar a queda do Palmeiras para a série B do Campeonato Brasileiro. Jogando contra a Portuguesa no Canindé, o tricolor não passou de um empate e, com isso, acabou com as chances palmeirenses de continuar na primeira divisão.

A partida começou dominada pelo time da casa. A equipe do ex-gremista Ferdinando forçou ataques, chegando a levar perigo ao gol de Marcelo Grohe. A primeira chegada ofensiva do Grêmio resultou em gol, mas o lance foi anulado pelo assistente. Após cobrança de falta, Werley mandou pra rede em posição regular, mas foi marcado o impedimento. Aliás, a partida foi marcada por lances duvidosos, como o impedimento de Marcelo Moreno, pouco tempo depois.

Zé Roberto & Pará

Zé Roberto fez a diferença novamente – Foto: Léo Pinheiro / Terra

A Portuguesa retomou o domínio da partida, obrigando Grohe a fazer um milagre aos 44 do primeiro tempo. O empate se manteve até o inicio do segundo tempo, quando foi marcado um pênalti polêmico para a Portuguesa. Moisés aproveitou a oportunidade e marcou: Portuguesa 1 a zero. O gol empolgou a Lusa, que foi pra cima do tricolor para aumentar o placar e afastar de vez a o fantasma da segundona.

Foi aí que Luxemburgo resolveu mexer no time, fazendo as três alterações de uma única vez. Marquinhos entrou no lugar de Anderson Pico, enquanto Elano e Marcelo Moreno deram lugar a Leandro e André Lima. Mas, para a decepção gremista e o desespero palmeirense, Léo Silva aumentou: Portuguesa 2 a zero. Só então veio a reação do Grêmio, começando com um chute rasteiro de Pará, que o goleiro salvou. Em seguida, Marquinhos cobrou falta e André Lima tocou de cabeça para marcar o primeiro gol do Grêmio na partida. Aos 33 do segundo tempo, Zé Roberto faz grande jogada, dividindo com a zaga dentro da área e marcando um lindo gol. Tudo igual no Canindé.

Com o resultado, o Grêmio se mantém na segunda colocação do campeonato, com um ponto a mais que o Atlético Mineiro. Uma vitória deixaria o tricolor com uma importante vantagem sobre os mineiros, que empataram em casa com o Atlético Goianiense. Se para os gremistas o empate não foi um resultado tão ruim, para o Palmeiras foi desastroso. Com a Portuguesa pontuando, acabaram as chances matemáticas de salvação para os paulistas, que estão oficialmente rebaixados para a série B do ano que vem. Que dó!


Colorados e tricolores de olho no G4

27/10/2012

A rodada do final de semana terá a dupla Grenal empenhada na busca de uma boa seqüência de vitórias. Impulsionados pelas viradas da quarta-feira, Grêmio e Internacional agora enfrentam Bahia e Palmeiras, dois times que brigam na parte de baixo da tabela.

A dupla entra em campo pensando na Libertadores – Fotos: Internacional.com – Rodrigo Buendia / AFP

O Inter é o primeiro a entrar em campo. O colorado pega o Palmeiras, às 16h30 no Beira-Rio, com pelo menos duas mudanças no time, em relação aos titulares da última partida. Além de Damião, que segue fora do time devido a um desconforto muscular, Fernandão também não contará com Dagoberto, com lesão na coxa, e com Ygor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Rafael Moura e Josimar devem ser os substitutos. Há ainda a possibilidade de Índio voltar à zaga, na vaga de Juan.

Já o Grêmio enfrenta o Bahia, às 18h30, em Pituaçu. O Tricolor mais uma vez não contará com Facundo Bertoglio, que sofreu nova lesão muscular. O argentino deve novamente ficar afastado dos gramados, sendo inclusive cortado da lista da Copa Sul Americana. O meia Zé Roberto, que tem sido o destaque do Grêmio nas últimas partidas, cumpre suspensão nessa rodada. Em seu lugar, quem deve jogar é Marco Antônio.

Neste momento do campeonato, o objetivo da dupla é o mesmo: garantir um lugar no G4 para disputar a Copa Libertadores 2013. O Grêmio é quem está mais próximo de atingir essa meta, já que disputa com o Atlético-MG a vice-liderança do Brasileirão, que dá direito a uma vaga direta à Libertadores. O caso do Inter é mais complicado. Ele está em sexto lugar e se apega às chances matemáticas de classificação, precisando dar uma arrancada na reta final e ainda torcer por tropeços dos adversários.

Provável Inter: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Josimar, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Diego Forlán e Rafael Moura.

Provável Grêmio: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Naldo e Anderson Pico; Fernando, Souza, Marco Antonio e Elano; Kleber e Marcelo Moreno.


%d blogueiros gostam disto: