Do amor ao processo

06/12/2012

Ídolo gremista por toda a sua passagem no clube, mesmo tendo em sua carreira tricolor apenas um título gaúcho, o goleiro Victor, atualmente defendendo o Atlético-MG, está descontente com alguns fatores que impedem sua boa harmonia dentro do time que participou de 2008 à 2012.

n_atletico_mineiro_victor_goleiro-4783859

O número um do galo entrou com uma ação na justiça contra o Grêmio alegando falta de pagamentos de percentuais sobre direitos de arena e direitos de imagem no período em que defendeu o mesmo. Não partindo para a ignorância logo de cara, de acordo com o advogado do atleta, ele bem que tento0u ter uma conversa com os dirigentes gremistas antes de partir para a justiça, mas com a falta de respostas vinda de Porto Alegre, a única alternativa foi partir para o processo em juízo. Os valores que estão em pendência ão mantidos em sigilo. A audiência está marcada para o dia 4 de janeiro.

Victor saiu do Grêmio em junho, quando entrou numa transação valendo 3,5 milhões de euros e mais 50% dos direitos do jogador Werley, atualmente zagueiro tricolor.

Anúncios

Jogo contra o Grêmio serve de exemplo para o Galo

02/07/2012

Fernanda Galvão

A vitória de 1 a 0 sobre o Grêmio fez com que a equipe de Cuca deixasse a vice-liderança do Brasileirão para assumir o primeiro lugar na tabela. Os três pontos adquiridos no Olímpico serviram de inspiração para o comandante do Galo.

– Nós temos que pegar esse jogo como parâmetro para na mesma intensidade. Devemos ter essa vontade em todos os jogos. É lógico que o campeonato não vai ser uma maravilha, o céu tem tempestade também, mas se gente tiver que passar por elas que sejam bem curtinhas.

Segundo ele, a maneira mais simples de assegurar o posto é ter em mente que o Campeonato Brasileiro é composto por 38 rodadas, uma mais decisiva que a outra.

– Devagarzinho a gente ainda pode e deve evoluir. Temos que ter essa humildade e trabalhar ainda mais essa semana. Vocês até podem pensar que o próximo jogo será fácil, mas não vai ser, e a gente tem que provar isso sempre.

 Sobre Ronaldinho, o técnico prefere associa-lo ao grupo, porém não ignora o fato do dono da camisa 49 – em homenagem a mãe Miguelina – ter sido fundamental na jogada de Bernard que resultou o gol de Jô, aos 25 minutos do primeiro tempo.

 – O Ronaldo fez uma grande partida. Prendeu a bola, foi o homem de inteligência e finalizou a gol. Assim como toda equipe, ele jogou bem.

Cuca elogia as grandes defesas de Giovani no jogo de hoje, mas afirma que o goleiroVictor estará em campo no próximo final de semana.

– Na mesma condição dele, nós temos o Giovani e o próprio Renan. O Victor chega nesta condição para dar um suporte maior e uma acalmada, ainda maior, no torcedor.

 No domingo, às 16h, o clube mineiro enfrenta  a Portuguesa, no Independência.


O adeus do goleiro Victor

29/06/2012

Foto: Edu Andrade/Gazeta Press

Revelado pelo Paulista, Victor chegou ao Grêmio indicado pelo então treinador Vágner Mancini no início de 2008 para substituir o argentino Saja e conquistou o posto de capitão do tricolor gaúcho.

Desde lá, o goleiro é ídolo da torcida gremista e ganhou a titularidade absoluta. O Grêmio acertou hoje a venda do jogador para o Atlético-MG. A negociação é de que o tricolor recebe R$ 8 milhões e o zagueiro Werley, que estava emprestado, ficará em definitivo no clube gaúcho.

Marcelo Grohe já assume neste domingo a posição de arqueiro titular do tricolor, já que o Grêmio recebe o Galo, novo clube de Victor. O goleiro conquistou o Campeonato Gaúcho de 2010 e foi eleito o melhor no Campeonato Brasileiro. As boas atuações chamaram a atenção de Dunga e ele esteve presente na Seleção Brasileira durante a Copa das Confederações de 2009.

Depois de 4 anos defendendo a equipe gaúcha, o grande goleiro Victor segue seu rumo em Belo Horizonte. Boa sorte, Victor!


Cada vez mais Grêmio!

11/09/2011

Atlético-PR, Bahia, São Paulo. Já são 3 vitórias consecutivas. A de hoje, ganha por 1×0.

Assistindo a partida de hoje, contra o São Paulo, algum torcedor desavisado não acreditaria que a pouco tempo atrás, este Grêmio era forte candidato ao rebaixamento. Desde o Gre-Nal, a equipe Tricolor vem demonstrando um avanço técnico, tático e uma recuperação individual de atletas que vinham decepcionando a nação Imortal.

Douglas voltou a ser o velho camisa 10, decisivo, e aos poucos vem retomando seu bom futebol. Mário Fernandes esbanja talento na lateral gremista, não deixando dúvidas de sua merecida convocação para a Seleção Brasileira. Escudero não é mais contestado, bem como André Lima também vem calando torcedores que o queriam no banco. Júlio César é um achado de Pelaipe que dá gosto de ver jogar. E, claro, Victor, recuperou toda a segurança debaixo das traves. A ausência do capitão Rochemback passou despercebida, tamanho é o entrosamento que o time adquiriu de uns tempos pra cá.

Douglas marcou o gol da partida. (Foto – Lucas Ubel/ Grêmio FBPA/Divulgação)

A atitude da equipe,  reformulada de forma estrondosa, se confirma cada vez mais dentro de campo. E o que está claro é que Roth arrumou o time que tem tudo para emplacar mais vitórias e atuações aguerridas como a deste domingo. Não é a toa que a equipe já figura em 12º na tabela e pode começar a sonhar com voos mais altos do que apenas se afastar do Z4.

Só esperamos que tudo isto não seja um reflexo da conhecida arrancada de Celso Roth quando assume um time que vinha descendo a ladeira. Tomara que não!


Victor serve de exemplo

09/09/2011

O goleiro do Grêmio passou por uma barra nos últimos tempos, falhou em diversas partidas do Campeonato Brasileiro e foi alvo de críticas pesadas. Deixou de ser convocado por Mano Menezes e precisou da confiança do técnico Celso Roth para manter a titularidade no time. Pois todos, inclusive os torcedores, queriam sua retirada da equipe principal.

(Foto: IG)

(Foto: IG)

(Foto: IG)

(Foto: IG)

Aí eu me pergunto: Por que Bolívar não faz o mesmo?

Não consigo me conformar com essa história de afastamento. Acho isso um tremendo absurdo. Faça um teste você mesmo, trabalhador, fale com seu chefe que você vai tirar um tempo para esfriar a cabeça, pois o clima no seu trabalho está pesado e veja qual resposta ele vai te dar.

Bolívar sempre foi um líder do grupo colorado e um líder de verdade não arrega. Vejo a situação de Victor muito pior, pois deixou de ser convocado para Seleção Brasileira e tem um grande concorrente na vaga, Marcelo Grohe. Mas ontem passou por cima de todas as críticas e provou DENTRO DE CAMPO que pode continuar sendo o número 1 do Grêmio.

Por todos esses anos de clube e por todas as taças que já levantou no Inter, Bolívar, volte a ser um líder de verdade, daqueles que não abandonam o time, que não tem vergonha de ir pro banco se precisar e prove, dentro de campo, que pode continuar sendo o general que todos conhecemos.

Pois já diria aquela frase clássica: se não sabe brincar, não desce para o play.


Viiiiiiiiiiiictooorrr

09/09/2011

42min do segundo tempo. Olhar para o placar de 2×1 a favor do Tricolor em partida fora de casa era confortante. Mas, os baianos pressionavam em busca do gol de empate. O torcedor, nervoso em frente a TV, roia unhas, desejando o fim do jogo logo!

Foi quando Reinaldo pegou na bola e passou para Carlos Alberto dentro da grande área. O meia faz uma finta e cruza para Jones, que estava na frente do gol. Victor balança para um lado, o atacante cabeceia para o outro, o torcedor em casa já enxerga o empate batendo à porta e… ao olhar para o campo, vê um milagre! Victor se estica todo e incrivelmente faz a defesa, espalmando a bola para fora.

Um grito que a muito tempo estava entalado na garganta dos tricolores, foi despejado como um alívio. E junto com o grito ecoado, foi embora de vez a má fase de Victor.

Victor teve ótima atuação diante do Bahia (Foto - Futura Press)

Há algumas semanas atrás, eu criei um post sobre o momento em que vivia o camisa 1 do Grêmio. Nele,  disse que tudo o que ele precisava era disto que aconteceu hoje: que os torcedores gremistas ouvissem narradores enaltecendo enlouquecidamente: Victor, Victor, a Muralha Tricolor salva o Grêmio!!!

Ainda bem! E melhor ainda é saber que, se nova convocação acontecer, o reserva dá conta do recado.


Eu voltei agora pra ficar

18/08/2011

Festa no Rio de Janeiro. Hoje tem pagode na Praia da Barra. Depois de nove meses afastado sob o comando de Mano Menezes, o dono dos dentes mais famosos do mundo retorna à seleção brasileira em grande estilo. Abram alas para Ronaldinho Gaúcho.

Essa foi a grande novidade da manhã na coletiva do técnico Mano. Para o orgulho da gauchada vermelha, Leandro Damião, o goleador do time também vai representar o seu Inter na canarinho. Ele recebe mais uma vez a chance de ajudar a amarelinha (ta precisando) no amistoso contra Gana, no dia 5 de setembro, em Londres.

Infelizmente Victor não está incluído na lista dessa vez. Que sirva de motivação para o goleirão caprichar mais e retornar bombando para o listão.

 
GOLEIROS
Julio César (Inter de Milão)
Fabio (Cruzeiro)
Jefferson (Botafogo)
LATERAIS
Daniel Alves (Barcelona)
Danilo (Santos)
Marcelo (Real Madrid)
Adriano (Barcelona)
ZAGUEIROS
Lúcio (Inter de Milão)
Thiago Silva (Milan)
David Luiz (Chelsea)
Dedé (Vasco)
VOLANTES
Lucas Leiva (Liverpool)
Ralf (Corinthians)
Luiz Gustavo (Bayern de Munique)
Elias (Atlético de Madri)
MEIAS
Paulo Henrique Ganso (Santos)
Lucas (São Paulo)
Fernandinho (Shakhtar)
ATACANTES
Alexandre Pato (Milan)
Robinho (Milan)
Neymar (Santos)
Hulk (Porto)
Ronaldinho Gaúcho (Flamengo)
Leandro Damião (Inter)




%d blogueiros gostam disto: