O homem gol voltou!

02/07/2013

Renato Portaluppi já está em Porto Alegre e, inclusive, foi apresentado oficialmente como novo treinador gremista. No começo da tarde desta terça-feira ele desembarcou no Aeroporto Salgado Filho sob o olhar e gritos de “O campeão voltou” de mais de 300 torcedores.

Depois de conhecer a Arena do Grêmio (lembrando que ele recusou o convite para a inauguração, em dezembro de 2012) Renato falou pela primeira vez oficialmente como novo comandante do tricolor.

Foto: Flickr / Grêmio

Foto: Flickr / Grêmio

Antes da sua coletiva de imprensa, Renato recebeu do presidente Fábio KOff a histórica camisa 7 – uma réplica de 1983. Além do gesto, Koff ainda rasgou elogios ao novo comandante e justificou a escolha do seu nome: “Ele vai devolver ao Grêmio a alegria de jogar. A entrega total.”

Olhando diretamente para o novo contratado, Koff afirmou: “O Grêmio precisa de ti. Aquilo que está faltando é o teu espírito e a tua raça.”

Foto: Flickr / Grêmio

Foto: Flickr / Grêmio

Num clima leve, Renato atendeu à imprensa com bom humor e respostas objetivas. Sobre o seu possível desentendimento com a antiga direção (gestão Paulo Odone) e sua ausência na inauguração do novo estádio, Renato preferiu evitar polêmicas: “Achei melhor ficar com a minha família no Rio de Janeiro.” Ainda sobre a Arena, ele enfatizou: “Isso aqui é uma Bombonera, é muita pressão. O Grêmio vai se tornar muito forte aqui dentro. O torcedor tem que vir e lotar o estádio.”

Sem esconder a felicidade por retornar ao Grêmio depois do pedido do presidente com quem trabalhou na sua passagem como jogador, Renato afirmou: “É com uma alegria muito grande de estar aqui de volta ao meu clube de coração e ao convívio onde fizemos história. Esperamos repetir as histórias do passado agora no presente.”

O novo treinador gremista preferiu não citar peça por peça do elenco principal do time, mas elogiou o plantel atual: “O Grêmio tem, sim, condições de brigar por título.” Apesar de já ter passado por aqui em 2010, Renato voltou a falar sobre seu método de comandar uma equipe: “Em vez de xingar e chamar atenção, você tem que fazer carinho no jogador. No meu grupo, essa alegria vai ser fundamental. Com alegria, o jogador produz sempre mais.”

Renato ainda destacou que a caixinha vai voltar: “Vai voltar, sim. Vocês não têm horário pra chegar? Se chegar não são descontados? No futebol também é assim, tem que mexer no bolso que aí dói.”

Treinador já comandou seu primeiro treino na Arena. Foto: Flickr / Grêmio

Treinador já comandou seu primeiro treino na Arena. Foto: Flickr / Grêmio

Renato fará a sua estreia na casamata gremista já no próximo sábado, contra o Atlético Paranaense. O seu primeiro jogo em Porto Alegre será contra o Botafogo, dia 14/7.

 

 

 

Anúncios

Pedágio

28/02/2012

Uma lei brilhante de Renato Gaúcho voltou a reinar no Estádio Olímpico. A ideia é a seguinte: todo indivíduo que se atrasar para treino, dar uma engordadinha ou fazer coisas que não estão no padrão de um profissional do futebol, vão receber uma multa logo na sequência. Esse dinheiro vai para a famosa Caixinha Tricolor.

O primeiro a receber a conta de 2012 foi Léo Gago, por no último jogo não poder participar da partida por ter tomado um remédio que continha substancias proibidas na Federação. Diiizem que o tal remédio foi um simples Resfenol, droga usada para combate a gripe e mal estar. Por conta disso, Léo Gago não entrou em campo por correr o risco de ser pego no doping. Para a improvisação, foi usado o jogador Marquinhos na posição.

Então já sabem, bobeou, pagou. Mas o que será feito desses pilas que ficam na caixinha? Podia ser uma ação de sorteio de camisetas para os torcedores, não? Fica a Dica, direção!


A sina

22/02/2012

Ahh essa sina danada do Tricolor. Tantos técnicos, tantos esquemas táticos, tantas novidades e não tem jeito do professor ficar com a bunda colada na poltrona tricolor. Qual é o problema? O que deu errado dessa vez?

Não é novidade contar aqui que o último técnico do Grêmio já está na dança do desempregado. Caio Jr, que no seu início falou que o Grêmio seria um tipo de… Barcelona brasileiro, ficou menos tempo na casa do que a Láisa do BBB (elininada ontem – 2 dias a mais que Caio). Caio ousou em seus milhares de esquemas no qual nenhum dava resultado. Suas piores vergonhas foi justamente nesse final de semana (a gota dágua após perder para o Zequinha) e o Gre-Nal empatado com os reservas do Inter.

Agora o Grêmio está de novo técnico. Vanderlei Luxemburgo. Chegou com um alto índice de rejeição, tanto que estava vendo nas redes sociais que Celso Roth era mais bem vindo do que o malandro ex-flamengo. Com essa pérola, o tricolor atinge a marca de 5 técnico em 1 ano. 5 EM 1 MINHA GENTE

Renato Gaúcho Saiu em Junho de 2011 – não lembro se ficou mais de 1 ano
Julinho Camargo Ficou 1 mês e 3 dias (é isso?) Saiu em agosto de 2011
Celso Roth Chegou para livrar o rebaixamento. Conseguiu. Saiu em dezembro de 2011
Caio Júnior Ficou mais tempo nas férias do que no campo. Saiu no meio do carnaval para aproveitar a folia. Fevereiro de 2012.
Vanderlei Luxemburgo 3-2-1 FOI. Valeeendo

O ídolo não retorna à casa

01/09/2011

Domingo seria o retorno de Renato Portaluppi ao Estádio Olímpico, como adversário tricolor, treinando o Atlético-PR. Porém, surpreendemente, o técnico pediu demissão do time paranaense.

Na noite desta quarta-feira, após a derrota em casa para o Atlético-MG, por 1 a 0, Renato citou alguns possíveis problemas que o time vive em meio à competição. Revelou, por exemplo, que o meia Madson teria um problema no próprio clube, que seria o motivo da queda de rendimento do jogador. Terça-feira, o técnico havia criticado a diretoria do clube e também a arbitragem do Campeonato Brasileiro, o gramado da Arena da Baixada e os jornalistas.

Ninguém esperava que Renato Gaúcho pedisse demissão apenas dois meses depois de assumir o clube do Paraná, onde ele teve 14 jogos (12 pelo Brasileirão, 2 pela Sul-Americana), 4 vitórias, 5 empates e 5 derrotas. Quando Renato assumiu o Atlético, Furacão tinha apenas 1 ponto. Hoje time tem 18.47%. Este aproveitamento daria o 8º lugar.

Segundo ele, está com problemas pessoais, além de sentir saudade do Rio de Janeiro, para onde vai agora, desempregado. Mas o fato é que ele não volta ao estádio do Grêmio, pelo menos não agora, dois meses depois de sair.


Vivendo um dejavu!

09/08/2011

Vamos (re)lembrar…

Mano Menezes reinava absoluto no Grêmio até o final de 2007, quando se transferiu para o Corinthians. Em seu lugar, entrou Wagner Mancini, que não permaneceu nem 2 meses. Celso Roth   assume a equipe em meio ao Gauchão e a Copa do Brasil. De imediato, foi eliminado das duas competições, a segunda sendo para o modesto Atlético-GO, nos penaltis, dentro do Olímpico. A torcida pediu sua demissão. Não ocorreu.

Até iniciar o Brasileirão, Celsão teve 1 mês para treinar a equipe. Após amistosos nada convincentes, o técnico levou o desacreditado time do Grêmio até a 2ª colocação, chegando a pelear pelo título até a última rodada com o todo poderoso São Paulo, na época. Vice. Vaga na Libertadores.

2009 começou com algumas partidas ruins pelo Gauchão e boas pela América. O técnico caiu após sequência de derrotas para o tradicional rival, Inter.

Charge de 1 de agosto de 2008 (Autor - Milton Trajano)

***

Analisando assim, tudo parece muito igual. Basta trocar Mano por Renato, e Mancini por Julinho Camargo.

A torcida inicialmente gosta da contratação de Roth, pois sabe do poder e do histórico que ele tem em re-estruturar equipes.

Mas a torcida também sempre fica receosa com Roth, porque sabe que no fim, a história vai ser a mesma. Após arrancada espetacular, ele vai inflamar seu ego teimoso, lotar o campo de volantes e começar a cair junto com o time.

(Foto - Jefferson Botega)

Mas será mesmo que a história vai se repetir? Viveremos um dejavu? O futebol é imprevisível demais para acreditar que o óbvio acontecerá…


Edilson vai para o Atlético PR

12/07/2011

Há pouco tempo publicamos aqui no blog que o lateral foi afastado do grupo gremista por problemas disciplinares e que o tricolor pretendia negocia-lo. Pois bem, Edilson vai para o Atlético PR. Será um empréstimo até o final do ano e a indicação foi de quem? Renato Gaúcho.

Edilson vai para o Atlético PR

Edilson vai para o Atlético PR

Renato mal chegou a utilizar Edilson no Grêmio em função da cirurgia que afastou o lateral dos gramados, depois, Gabriel e Mário Fernandes eram as principais peças para a posição. Enfim… Renato vai contar com o jogador até o final do ano.

O Grêmio pretende ainda emprestar mais jogadores para aliviar a folha de pagamento.

Acho que foi uma boa negociação, acredito que o lateral não teria mais espaço no tricolor e indo para o Atlético PR, pode ter boas oportunidades.

Bom para o Grêmio também, um a menos para pagar.


A nova casa de Renato

04/07/2011

O ex-técnico do Grêmio já arranjou um novo clube para treinar. Como foi especulado no fim de semana, Renato foi anunciado oficialmente  agora a tarde  pelo Atlético-PR. O ídolo gremista substitui Adilson Batista, que pediu demissão no sábado passado.

Curiosamente, o time paranaense joga contra o Inter nesta quarta, às 19h30. Porém, Renato só começa os trabalhos na quinta-feira de manhã, já em Curitiba.

Renato agora é do Furacão (Foto – Divulgação Site Atlético-PR)

Ao site do clube, ele afirmou:

– Sei que a situação do clube não é fácil, mas gosto de desafios e vou me esforçar para ajudar o Atlético na recuperação no Brasileiro. A torcida pode ficar tranquila que vou procurar ao máximo tirar o Atlético desta situação.

É estranho um técnico pedir para largar um time que está no meio da tabela como o Grêmio para assumir um time na zona de rebaixamento. A bagunça da casa do Atlético-PR está bem pior que a que se encontra atualmente no Tricolor Gaúcho. O pedido de demissão de Renato ainda vai render muitas histórias e especulações…

Alguma teoria?


%d blogueiros gostam disto: