Um novo ídolo no comando. Um novo Inter no campeonato.

22/07/2012

Hoje o Inter enfrenta o Atlético Goianiense com um novo comandante na casamata. Novo naquelas, já que Fernandão é um veeeelho conhecido da torcida colorada.

A questão é: F9 é uma unanimidade?

Vamos ver o que as meninas do Salto Alto acham sobre essa escolha da direção?

Bianca Molina – Aposta por aposta, Dunga também seria uma, não? Eu gostei da escolha da direção colorada. Tenho as minhas dúvidas quanto à eficiência dele nessa nova função, mas estou criando boas expectativas. Fernandão é um líder nato, sempre foi muito respeitado por onde passou e sabe bem como lidar com a “boleiragem”.  Quando assumiu papel de dirigente no clube, já mostrou capacidade para trabalhar o vestiário do time e pensar o futebol, agora como técnico, isso só tende a melhorar. Ele sai da escritório e vai para o campo. A ideia é boa. Arriscada mais por se tratar de um ídolo, mas boa. Uma coisa é certa: o vestiário ele terá na mão, ou algum jogador ousará considerar-se mais importante que um dos maiores nomes da história da entidade Sport Club Internacional?

Clarissa Londero – Nunca me esqueci do momento em que, depois da conquista de 2006, meu pai sentou na ponta da minha cama, e começou a falar sobre o que fez o Inter conseguir aquela façanha, ganhar do Barcelona no mundial. E ele falou um nome: Fernandão. Ele me disse que ficou sabendo que os companheiros de quarto e de concentração do capitão colorado ficaram surpresos com o interesse do Fernandão em sistemas táticos, organização de times… ele ficava até tarde estudando a escalação dos adversários… Verdade ou boato? Não sei. Só sei que eu sou a favor de correr riscos. Sim, é um risco colocar no comando técnico de um time grande um ex-jogador que nunca treinou nenhum outro time antes. Sim, é um risco colocar alguém como técnico só porque ele foi um ídolo, um líder e um grande jogador. Ídolo e líder em campo não quer dizer o mesmo fora dele. Mas é um risco que o Inter (e eu) está disposto a correr. Melhor viver intensamente do que na mesmice. Mesmice, essa, que não vem dando certo há 33 anos. Quem sabe essa aposta não de certo? Fernandão, no comando do inter, é 8 ou 80. Se for 8, o Inter passará mais um ano sem ganhar o Brasileirão. Se for 80, pode ser histórico.

Fernanda Galvão – Duvidei até o último minuto, pois esperava que Dunga fosse anunciado. Confesso que achei uma boa alternativa, e ainda acredito que o fato do Fernandão assumir o cargo de Diretor Técnico esteve, desde sempre, ligada ao desejo do comando completo do time. Assim como o dos próprios dirigentes do Internacional. A liderança que o novo técnico exerce(u) é INDISCUTÍVEL. Basta olharmos este vídeo:

http://www.youtube.com/watch?v=0KHSUaudJhk&noredirect=1
Laura Toscani – Fernandão como técnico. Esse nome fez história em 2006. Por que não arriscar? Jovem, vivido, experiente e com ideias novas pode ser o tempero que restava no plantel colorado. Já imaginaram uma reunião de motivação com o capitão do mundo? Fico imaginando que bacana seria o Fernandão gritando no gramado para Forlán e pensando num esquema tático para o próximo Gre-Nal. Minha opinião? Acho que vale muito sim. Qual o risco? Fernandão passar pela barra de Falcão e acabar sendo vaiado em alguns jogos. Acontece!

Luiza Barbosa – Em primeiro lugar, eu acho que o Dorival não deveria ter sido demitido. Acredito na continuidade de um trabalho, ninguém consegue resolver em pouco tempo. Agora, sobre a efetivação do Fernandão, eu acho que ele, já estando no vestiário, fez parte do momento da crise colorada, e não conseguiu reorganizar o vestiário. Mas é melhor do que as opções do mercado, acho que a aposta é bem vinda, é bom parar de contratar sempre os mesmos técnicos, que não são renovados. O fato de ser um contrato de quatro meses proporciona que a aposta seja feita. Acho que o Fernandão pode dar certo, por ser um grande líder.

Quetelin Rodrigues – Apesar do vice de futebol do Inter, Luciano Davi, não considerar a contratação do Fernandão como uma aposta, eu acredito que seja sim. E das grandes. O Colorado está sendo ousado na sua escolha. Fernandão nunca foi treinador. Tem experiencia com vestiário, sempre foi líder de grupo, mas para comandar um time é preciso mais do que isso. A direção fez contratações expressivas e experientes, como Forlán, Juan, entre os demais que já fazem parte do plantel. Ao meu ver, não era a hora de arriscar e sim, trazer um nome consolidado, apesar de faltar opções no mercado. Mas apesar disso, Fernandão sempre lidou bem com desafios e tivemos uma prova recente ao vê-lo trabalhar como diretor executivo de futebol. Enfim, tomara que dê certo e que o ídolo colorado seja tão bem sucedido como foi nos tempos de jogador.

Anúncios

Empate com o ídolo

01/07/2012

A proposta era voltar de viagem com 4 pontos. Ganhou do Sport e empatou com o Bahia, conseguiu. Mas, para a torcida, é pouco. Quem quer ser campeão brasileiro não pode empatar jogos relativamente fáceis, como contra o Bahia.

Jajá não foi bem no jogo. (Foto: Alexandre Lops)

O jogo foi marcado pelo reencontro do colorado com Paulo Roberto Falcão, mas quem foi vaiado o tempo todo foi Bolívar, que no ano passado deu uma entrada dura em Dodô, e o jogador rompeu os ligamentos.

No final do primeiro tempo, quando o placar ainda estava zerado, Gabriel abriu o placar para a equipe baiana. No segundo tempo, o zagueiro Índio igualou.

Apesar do empate, o jogo foi muito bom, com grandes tentativas, mesmo que com poucos gols. Falcão saiu sem a vitória, mas com impressão de estar bem na equipe nordestina.

Bahia: Marcelo Lomba; Fabinho, Titi, Danny Morais e Elder; Fahel, Diones (Kléberson), Mancini e Gabriel (Vander); Elias e Jones (Lulinha). Técnico: Falcão.

Internacional: Muriel; Nei, Bolívar, Índio e Kleber (Fabrício); Elton, Guiñazu, Oscar, D’Alessandro e Jajá (Gilberto); Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.


Tem promoção no Salto Alto!

18/06/2012

Quer ganhar uma camiseta personalizada com tema de futebol da MANTO FOOTBALL? Então se liga na parceria entre a MANTO e o SALTO ALTO FUTEBOL CLUBE. Basta assinar para receber informações dos dois perfis: aqui e aqui e publicar uma frase que contenha as palavras MANTO, FUTEBOL e SALTO ALTO. A  frase com mais curtidas ganha. Atenção: publique a frase no link da promoção, até dia 2 de julho, onde ela deverá ser curtida. Mobilize seus amigos para curtir a sua frase e ganhe uma linda camiseta!

(O vencedor deve buscar a camiseta na sede da Manto em Porto Alegre ou pagar o frete de envio).


Primeira derrota no Brasileiro

16/06/2012

Nem parecia o mesmo Inter das primeiras rodadas. Jogando em casa, a apatia da equipe era algo irreconhecível. Nos primeiros 20 minutos, o colorado não chegou nem perto da área de Jefferson. Era para ser diferente, já que os “selecionáveis“ Damião, Oscar e Guiñazu estavam de volta. O meio campo ideal de Dorival, com o menino Oscar e o argentino D‘Alessandro pôde entrar em campo.

Dagoberto e Andrezinho marcaram gols. (Foto: Alexandre Lops/Internacional)

Aos 30 minutos do primeiro tempo, em uma das primeiras chegadas do colorado ao ataque, Oscar foi lançado por Guiñazu, cruzou para a área e Damião, de cabeça, largou no pé de Dagoberto. O atacante aproveitou e abriu o placar. 1 a 0 para o Inter. Parecia que o time ia melhorar em campo, afinal, ter a vantagem já é um bom caminho. Mas não foi o que aconteceu. A torcida, já impaciente, que antes cantava, começou a vaiar. E, no segundo tempo, o Inter voltou com menos vontade ainda.

Na etapa final, Índio cometeu falta bem na entrada da área, os botafoguenses pediram pênalti, mas o árbitro deu falta. Depois de cobrada a falta, Vítor Júnior pegou pela direita e cruzou para Andrezinho, ex-Inter, mandar para o fundo das redes, de fora da área. Era o empate botafoguense.

E o Inter não reagiu. Acabou levando a virada. O time carioca ganhou um escanteio. Andrezinho foi cobrar, a bandeira ficava se dobrando, ele brigou, brigou, mas ajeitou a bandeirinha de escanteio. E cobrou. Para nenhum defensor subir, só Fellype Gabriel, que anulou Muriel e completou a virada. 2 a 1. Muitas vaias da torcida. O alvo foi Dorival Jr., que ouviu gritos de “burro“ vindos da arquibancada.

(Foto: Marcos Bezerra / Futura Press)

Agora fica a pergunta: um time que quer ser campeão brasileiro pode perder em casa de virada?

Internacional: Muriel; Nei, Dalton, Índio e Fabrício (Jajá); Sandro Silva (Gilberto), Guiñazu, Oscar e D´Alessandro; Dagoberto e Damião. Técnico: Dorival Júnior.

Botafogo: Jefferson; Lucas, Brinner, Fábio Ferreira e Lennon; Lucas Zen, Renato, Andrezinho, Vitor Junior (Gabriel) e Felipe Gabriel (Maicosuel); Herrera. Técnico: Osvaldo de Oliveira.


Nova parceria… em breve tem promoção!

04/06/2012

Vocês já conhecem o Manto Football? É um site que faz umas camisetas muito bacanas de futebol. E o Salto Alto FC agora é parceiro da Manto. Para selar essa parceria, vamos fazer uma promoção a partir do dia 18, quando vocês vão poder ganhar uma camiseta. Fiquem ligados! Enquanto isso, visitem o site e dêem de presente no Dia dos Namorados!


Jogo dos erros!

26/05/2012

Flamengo em crise. Inter desfalcado. Damião e Oscar estavam fora porque foram convocados para a Seleção Brasileira, D’Alessandro ainda sente desconforto muscular na coxa esquerda, Sandro Silva tem um corte no joelho direito; Kleber se recupera de uma lesão muscular na coxa esquerda, João Paulo tem inchaço no pé direito, Jajá está afastado pelo clube por indisciplina e Bolívar cumpre suspensão.

O colorado entrou com três volantes, Elton, Guiñazu e Josimar. E Gilberto e Dagoberto formaram a dupla de ataque. Mas logo depois do apito inicial já começou a sequência de erros. Aos 8 minutos, Ronaldinho Gaúcho cobrou um escanteio fechado, Muriel defendeu, mas no rebote Aírton mandou para o fundo das redes de pé esquerdo. O sistema defensivo colorado não subiu, não marcou. Como no jogo contra o Fluminense, a bola parada foi a grande vilã.

Depois, Índio falhou, não conseguiu alcançar Ibson e cometeu um pênalti infantil. Segundo erro grave. Ronaldinho Gaúcho cobrou e fez o segundo do time carioca. Aí quem saiu errado foi o Flamengo. A bola bateu na canela de Luiz Antonio e Gilberto aproveitou. 2 a 1.

No segundo tempo, Dorival colocou Maurides, atacante de 18 anos, para fazer sua estreia. O colorado voltou atacando mais. Só que bem no comecinho, 8 minutos, teve outro erro. Rodrigo Moledo deixou Vagner Love entrar livre na área. Ele bateu no canto e não deu chance a Muriel. Flamengo fazia 3 a 1. Dessa vez o erro foi da defesa flamenguista, que deixou Fabrício chutar sozinho de fora da área, no ângulo Paulo Victor.

Ronaldinho Gaúcho foi muito vaiado. Foto: Alexandre Loureiro / Vipcomm

Aí veio o erro que gerou muitas vaias para Ronaldinho Gaúcho. R10 perdeu uma bola no meio campo, o que resultou no gol de empate colorado. Dátolo chutou de fora da área, no canto. Era o empate, 3 a 3. A boa surpresa foi Maurides. O guri entrou quando o Inter perdia, no Engenhão, contra o Flamengo, e fez boas jogadas, apareceu bastante, não ficou com medo. Mas, no fim das contas, o jogo dos erros saiu barato com esse empate.

Flamengo: Paulo Victor; Léo Moura, Welinton, González e Magal; Aírton (Amaral), Luiz Antônio (Renato Abreu), Kleberson e Ibson; Ronaldinho Gaúcho (Deivid) e Vagner Love. Técnico: Joel Santana

Inter: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Elton, Guiñazu, Josimar (Maurides) e Dátolo; Dagoberto (Bolatti) e Gilberto (Marcos Aurélio). Técnico: Dorival Júnior.


E vai começar mais um Campeonato Brasileiro!

14/05/2012

O Campeonato mais difícil e disputado do mundo vai começar no próximo fim de semana. O Grêmio visita o Vasco em São Januário no sábado às 18h30. Já o colorado recebe o Coritiba no Beira-Rio, domingo às 16h.

E tudo isto será mostrado no tradicional evento em que a NET Porto Alegre comemora o início do Campeonato Brasileiro 2012. Acontecerá na noite desta terça-feira (15), às 19h, no Boteco do Joaquim. Realizado há mais de dez anos, a maior empresa de telecomunicações e entretenimento da Amércia Latina, convidou diversos profissionais da área de comunicações, principalmente esportiva, para conhecer Premiere FC, canal exclusivo de jogos com a melhor cobertura futebolística do país. São mais de 1300 jogos ao vivo por ano em até oito canais simultâneos.

O Salto Alto estará presente, assim como cobrirá tudo que ocorrer no Campeonato Brasileiro 2012. Fiquem ligados!

Na primeira rodada:

19/05 às 18:30 – Palmeiras x Portuguesa (Estádio Pacaembu – São Paulo)

19/05 às 18:30 – Sport x Flamengo (Estádio Ilha do Retiro – Recife)

19/05 às 21:00 – Figueirense x Náutico (Estádio Orlando Scarpelli – Florianópolis)

20/05 às 16:00 –  Corinthians x Fluminense (Estádio Pacaembu – São Paulo)

20/05 às 16:00 – Internacional x Coritiba (Estádio Beira Rio – Porto Alegre)

20/05 às 16:00 – Botafogo x São Paulo (Estádio João Havelange – Rio de Janeiro)

20/05 às 16:00 – Ponte Preta x Atlético Mineiro (Estádio Moisés Lucarelli – Campinas)

19/05 às 18:30 – Vasco x Grêmio (Estádio São Januário – Rio de Janeiro)

19/05 às 18:30 – Bahia x Santos (Estádio Pitaçu – Salvador)

19/05 às 18:30 – Cruzeiro x Atlético Goianiense (Estádio Parque do sabiá – Uberlândia)


%d blogueiros gostam disto: