Ar frio para acalmar os ânimos

31/05/2013

É nisso que os dirigentes do novo estádio do Corinthians estão apostando. Na tentativa de diminuir o número de barbarismo dentro das áreas reservadas para o público amante do futebol. Arquitetos e engenheiros que trabalham na obra do Itaquerão instalaram aparelhos de ar condicionado também nos banheiros da nova obra futebolista.

 2

A ideia foi retirada do dia a dia dos brasileiros que moram em São Paulo. “As pessoas saem do ônibus nervosas por conta da superlotação e do calor, mas ficam calminhas quando entram no metrô, que é refrigerado. Chamamos isso de efeito metrô”, declarou Aníbal Coutinho, autor do projeto corinthiano. Assim, a questão da conservação do estádio foi relacionada e ao ar-condicionado. “Por isso estamos refrigerando os banheiros, para reduzir o vandalismo, senão não sobra um”, afirma, também, ao site sobre a Copa-2014.

A Arena Corinthians garante conforto térmico com a presença de ar condicionado em todos os setores do estádio. Todo esse aparato de refrigeração custou aos bolsos públicos cerca de R$ 27 milhões – segundo presidente do clube Mario Gobbi.

Inauguração

Itaquerão completou ontem dois anos. O estádio que receberá a abertura da Copa de 2014 está com 79% das obras prontas. A previsão do Corinthians é que o estádio ficará pronto em dezembro, mas ainda faltando algumas obras estruturais para que o Itaquerão possa receber a abertura da Copa do Mundo. Assim, o estádio só estaria realmente pronto para a abertura em fevereiro, quatro meses antes do Mundial. A Fifa agora diz que esse prazo é suficiente.

itaquerão

As obras necessárias para que o estádio receba a abertura, como a instalação das arquibancadas móveis (20 mil lugares) e das áreas de hospitalidade, fora do estádio, não entram no orçamento de R$ 820 milhões do Itaquerão. Empresas privadas podem bancar essas intervenções. Os assentos provisórios, que estão orçados em R$ 30 milhões, serão removidos do estádio após o Mundial.


Mais uma envolvendo sinalizadores

21/02/2013

Ainda é recente o caso das mais de 200 mortes na cidade gaúcha de Santa Maria envolvendo um show pirotécnico no qual a banda utilizava de sinalizadores. Porém, o que era para ser bonito se transformou na maior tragédia do Brasil. O ocorrido é recente? Sim! O mundo inteiro ficou sabendo? Sim! Foram fechadas dezenas de casas noturnas por causa disso? Sim! Ainda tem gente que acha que um objeto que ilumina e é acendido com fogo não é perigoso? Sim!

19h05---com-sinalizadores-torcida-do-corinthians-faz-festa-nas-arquibancadas-para-comemorar-o-titulo-brasileiro-1323116654267_1920x1080

De fato. Ontem tivemos mais uma rodada da Copa Libertadores da América. Em campo estavam San José e  o  atual campeão da competição, o Corinthians. O que corre pela mídia é que algum torcedor do time brasileiro estava com um objeto explosivo para fazer barulho e luz em sua torcida. Porém, Kevin Betran Espada morreu no meio do jogo por ser atingido por um rojão, vindo da torcida do timão. E se isso for realmente comprovado, o bi campeão do mundo poderá ser severamente punido.

Estádio Jesús Bermúdez em San José de Oruro (Foto: Reprodução)

Estádio Jesús Bermúdez em San José de Oruro (Foto: Reprodução)

De acordo com as novas regras da Conmebol, o estatuto visa mudar a cultura e o comportamento que ainda reina no futebol sulamericano. A cada edição das competições internacionais é comum ver atletas e árbitros escoltados pela polícia por conta dos objetos atirados pelas torcidas e confusões dentro e fora de campo. São pedras, objetos pessoais (como tênis e até máquina digital) e os famosos rojões. E não precisamos ir tão longe para resgatar uma história de envolve esses fatos. Ano passado, pela final da Copa SulAmericana entre São Paulo e Tigre, o clube argentino alegou falta de segurança e não retornou mais em campo a apartir do segundo tempo. Isso deu a vitória e o título ao club Paulista.

Até o presente momento, a Conmebol não se pronunciou sobre o ocorrido no jogo de ontém. Uma das punições previstas para acontecimentos como esse é a exclusão da competição presente ou de futuras edições da Libertadores. Outras punições podem ser aplicadas como uma multa mínima de R$ 200 mil, anulação ou repetição do jogo, perda de pontos, determinação de resultado de jogo, atuar com portões fechados, perda de título ou prêmio, rebaixamento ou perda de licença. A entidade ainda se limitou a lamentar a morte do torcedor boliviano.

Se isso realmente aconteceu e o Corinthians for eliminado da Libertadores, quem aí acha que ão Paulo terá um caos envolvendo torcedores do timão?


Pato e Gavião

17/12/2012

O carnaval chegou mais cedo no piso do parque São Jorge. Depois que o Ogum Guerreiro ajudou na raça a vinda do primeiro título mundial ao Corinthians, a badalação continua por aquelas bandas, afinal, parece que a TV não está noticiando muito a façanha conquistada domingo, não é mesmo?

Futebol © 2006

Dizem os nossos colegas repórteres da TV que o coringão estaria interessado no ex-colorado, Alexandre Pato, atual camisa 7 do Milan onde atua desde que saiu do Inter. Os italianos da “Sky Sport Italia”informaram que a proposta de R$ 41,25 milhões seria referente a 50% dos direitos do atacante de 23 anos, que vem sofrendo com seguidas lesões e não consegue engrenar uma sequência de jogos sem passar pelo departamento médico.

Tudo conspira a favor nessa transação, já que o agente de Pato, Gilmar Veloz, também é empresario do técnico Tite. Além do mais, o Corinthians vem enchendo seus cofrinhos a cada dia que passa já que fechou negócio com a Caixa Econômica Federal. No vai e vem da coisa, Pato seria considerado, no timão, o outro Ronaldo Fenômeno, atraindo assim mais crescimento em vendas de marketing.

Quem é daqui acredita na ideia de que ele não atuaria no Corinthians, já que depois do Grêmio, é o clube de maior rival dos vermelhos colorados. Será que não? Pato está insatisfeito com a sua vida na Itália. Não fala em voltar para o Brasil, mas já foi “oferecido”, do que se sabe, para clubes da Inglaterra.

No mais, o Corinthians não para. No seu retorno do festerê japonês, o clube já listou o seu elenco do adeus. Seriam eles: o ala Danilo que já não faz mais parte do time, assim como Deivão, Bid, Tatá e Caíque.


Futebol garantido até domingo

12/12/2012

É o que sabemos até o momento. O futebol brasileiro estará em campo e sendo televisionado até domingo. O último de 2012, minha gente. É o que vimos hoje pela manhã depois que o Corinthians venceu o Al Ahly por 1×0 em sua primeira partida válida pelo Mundial de Clubes.

Assim como São Paulo e Inter, respectivamente nos anos de 2005 e 2006, o timão levou sufoco do campeão africano, levando a partida até os seus meados 50 minutos de segundo tempo. Para felicidade de Celso Roth, o retrancão foi utilizado. E pelo visto vem sendo visto com bons olhos pelos clubes pois não só o Corinthians mas também o próprio Chelsea utilizou a ferramenta para levar o passe de vaga no final do ano no Japão.

Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

Foto: Ricardo Matsukawa / Terra

A corneta e secação rolou solta nos arredores da nossa moradia, o Sul do país. Onde o bairrismo rola solto e cada um aqui torce para um time de sua terra. Foi duro escutar Galvão Bueno citar bordões como “Vai que é tua CÁSSIO” quando nos lembrávamos da frase utilizando o nome de Taffarel no tetra em 94. E ainda, por mais que temos que admitir, não ficamos lá muito contentes quando o narrador disse que o Corinthians tem experiência no Mundial. Pois o que a gente acha desse campeonato é ele ser disputado com um time de outro país não sendo o seu. Mas o futebol nos apronta essas. Graças a Deus não presenciamos invasão corinthiana no campo, o que aliviou os policiais do local.

E amanhã (quinta-feira, dia 13) teremos em campo um brasileiro. Oscar (conhecido da galera) entra na telinha pela manhã. Chelsea e Monterrey fazem na quinta-feira a outra semifinal. A decisão do título acontece no domingo, às 8h30 (de Brasília).

 


A conta é de quem?

21/11/2012

Nós temos o exemplo de aqui no Rio Grande termos o Banrisul como patrocinador dos uniformes da dupla Gre-Nal. Outros bancos já demonstraram esse interesse quando colocaram suas marcas em grandes times de futebol. Exemplo deles é o Banco BMG, que alaranjou a camiseta de Santos, São Paulo e Cruzeiro.

Mas não é de hoje que as vezes pagamos (literalmente) o pato por bancar certas regalias no futebol. Certas peneiras que aparecem na frente de grandes times é um suposto povo brasileiro que leva as multas e os juros das contas. Mas sem fazer rodeios, quem está no holofote da grana agora é o Banco dos poupançudos. A bagatela de  31 milhões de reais é o valor da cota de patrocínio do Corinthians, que fechou com a Caixa Econômica Federal um acordo de Patrocínio Master. O clube, que já tinha contado com a ajuda de um torcedor ilustre, o ex-presidente Lula, para buscar dinheiro do BNDES para a construção de seu estádio, agora arranjou com um banco federal um patrocínio que nenhum investidor privado topou. Engraçado, não?

Não é notória a falta de “arrego” que alguns poucos do campinho concluem enquanto outros se lavam em discórdia e dinheirama? Ainda há quem duvide como os opositores da atual diretoria do Corinthians que questionam a origem do patrocínio, suspeitando que ele tenha ocorrido com a intervenção de Lula (huuumm, será?). Há quem questione, inclusive, que o clube não poderia receber tais recursos, por estar endividado: para legitimar a parceria, a dívida corinthiana foi parcelada. Daí o coringão está endividado e se dá bem. Se somos nós, meeeete juros neles. Quem paga esse preço, afinal?

Dilma, por acaso a senhora não era torcedora do Internacional? E aí, mulher!?


Um jogo que não podia errar?

08/09/2012

Todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite…

Como bem diz a música, os gremistas estavam só pelo resultado positivo do jogo contra o Corinthians para dormirem na liderança do campeonato. Mas logo no início do jogo, a decepção preencheu o rosto dos gremistas que estavam esperançosos.

Ainda no primeiro tempo, a zaga do Grêmio mostrou que não sabia o que fazer com a bola. Não por surpresa o primeiro gol da partida foi dos paulistas aos 6 minutos do primeiro. Marcelo Grohe faz boa defesa ao espalmar a bola de Guilherme, mas no rebote, Ralf chuta para o gol e faz o primeiro do jogo.

Foto: Léo Pinheiro – Terra

Não demorou muito para a segunda surpresa aparecer. Denílson de fora da área auxilia Guilherme, que chega sozinho na pequena área do Grêmio e marca o segundo, aos 10 minutos com a jogada ensaiada. E assim se fez até o final do primeiro tempo. Um jogo para qualquer gremista esquecer. Afinal, eram 5 jogos sem derrota, esperança de ser o líder da competição. Terceiro colocado no campeonato. O que era aquilo que estava acontecendo?

Mas chegou o segundo tempo e com ele as substituições. Saiu Fernando para a entrada de Marco Antônio e André Lima saiu para Leandro adentrar. E foi esse guri mesmo que descontou. Aos 13 minutos Leandro faz o primeiro gol do Grêmio e muda completamente a cara do jogo. O time que ficou sem volantes pareceu mais ofensivo e chegava mais na área do gol. O Grêmio estava muito mais perto de chegar ao empate do que seguir perdendo. Ainda neste segundo tempo, o Corinthians teve um pênalti não marcado, mas que não foi muito citado diante da relevância do conjunto.

Mas o inesperado de fato aconteceu. O Grêmio que estava melhor no jogo, pelo menos no segundo tempo, foi surpreendido. Aos 44minutos do segundo tempo, o garoto das categorias de base do Corinthians, Giovanni faz um golaço com direito a curva sem chances para Marcelo Grohe. Foi o primeiro bom lance do segundo tempo do Timão e pelo visto deu certo.

Mas mesmo assim a tabela segue do mesmo. Grêmio em 3º e Corinthians em 9º.

 

 

 


Primeira vez (derrota) de Fernandão

16/08/2012

He-man postado na área corinthiana. (Foto:Ale Vianna/Agência O Globo)

Até que o estreante Rafael Moura não precisou de muito tempo para mostrar trabalho. Em menos de um minuto, partiu para o ataque e foi desarmado pela zaga corinthiana.  Tudo bem que ficou “devendo” o gol, mas He-Man formou uma boa dupla com Jajá, que serviu de garçom. No comecinho da partida, o centroavante poderia ter descontado, se não estivesse impedido, é claro.

O Inter dominava a partida, até o momento que o meio de campo do técnico Tite ressurgiu.  E aí, a partida ficou equilibrada. As boas chegadas do Inter se limitavam aos cruzamentos, nos quais o goleiro Cássio (alto, como Dida) se adiantava.

Na etapa complementar, o Corinthians se sobressaiu. Chicão, aos 4 minutos, cobrou uma falta perigosíssima em cima de Muriel, que defendeu em dois tempos. Poucos minutos depois, os torcedores colorados puderam ver Jesus Dátolo no lugar de Fred. Por pouco tempo, pois o jogador está fora do jogo com a Portuguesa, pelo terceiro amarelo.

Paulo André deu a vitória ao Timão (Foto: Levi Bianco / Agência O Globo)

Numa sucessão de erros do time colorado, Paulo André subiu e abriu o placar no Pacaembu. Estrela do Douglas, que colocou a bola na cabeça do zagueiro. E assim, o Inter de Fernandão perdeu pela primeira vez no Brasileirão e continua com 30 pontos.

O Inter segue em São Paulo para a próxima partida, no domingo. Pela primeira vez, Fernandão contará com Leandro Damião.


%d blogueiros gostam disto: