Despedida Monumental

16/07/2013

“The end begins”.

Não, este post não é sobre a última temporada de Dexter.

É sobre o fim de uma era, um marco na história do futebol.

A hora da despedida do Estádio Olímpico Monumental está chegando e, para simbolizar esse momento de transição Olímpico-Arena, nada mais significativo do que a imagem a seguir:

Letreiro será restaurado e instalado na Arena do Grêmio

Retirada do símbolo da conquista Mundial – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O letreiro com a frase “Grêmio – Campeão do Mundo” deixou o topo do Estádio Olímpico, onde permaneceu por 30 anos. A retirada terminou na tarde de ontem e a previsão é de que a estrutura seja instalada na Arena do Grêmio até o fim deste mês.

A homenagem ao maior título tricolor passará por uma restauração antes de ser exibida na nova casa gremista.

 

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Letreiro será restaurado e instalado na Arena do Grêmio – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

O letreiro faz parte da história do clube, lembrando a conquista de 1983, quando o Tricolor venceu o Hamburgo com dois gols do hoje técnico da equipe, Renato Portaluppi, e conquistou o seu título Mundial.

A retirada do maior símbolo das conquistas gremistas aumenta a nostalgia da torcida, que vê se aproximar o momento do adeus definitivo: a implosão do Olímpico, que está marcada para o mês de outubro.

O já saudoso Monumental foi inaugurado em setembro de 1954 e sediou muitas das glórias tricolores desde então, como a conquista de duas Copas do Brasil, um Campeonato Brasileiro e a Copa Libertadores de 1983, no histórico jogo contra o então tetracampeão da América, Peñarol do Uruguai.

Título da Libertadores de 1983 conquistado no gramado do Olímpico Monumental

Título da Libertadores de 1983 conquistado no gramado do Olímpico Monumental

O estádio também recebeu jogos da seleção brasileira e foi palco de grandes nomes da música, como Roger Waters e Eric Clapton.

No ano passado, Madonna encerrou a sequência de mega shows do estádio, naquela que foi a primeira apresentação da cantora em Porto Alegre e o último grande espetáculo do Olímpico.

Madonna encerrou o ciclo de grandes shows do Estádio Olímpico

Madonna encerrou o ciclo de grandes shows do Estádio Olímpico

 

A última partida oficial disputada no estádio aconteceu no dia 17 de fevereiro, entre Grêmio e Veranópolis, pelo Gauchão deste ano. Atualmente, ele recebe apenas os treinos do tricolor.

Anúncios

Mandando a intolerância pra escanteio

12/04/2013

Em meio a tantas polêmicas, declarações e tantos Marcos Felicianos e Joelmas, foi uma grata surpresa me deparar essa semana com um movimento inesperado nas redes sociais.

Digo inesperado porque as questões relacionadas à sexualidade sempre foram um tabu no meio futebolístico. Não há nada mais corriqueiro num estádio de futebol do que uma torcida gritando “xingamentos homofóbicos” para o time rival. Isso é esperado, já é considerado normal. Mas não deveria.

Enfim, o caso é que uma iniciativa muito legal da torcida do Atlético Mineiro está se espalhando pelo Facebook e Twitter, com o intuito de pregar a tolerância no futebol, um meio que ainda hoje é sabidamente machista e conservador. A torcida do Galo criou a página Galo Queer, contra a homofobia, o sexismo, o machismo e as discriminações nos estádios de futebol.

Gremistas apoiam o movimento contra a intolerância (Imagem: Página Grêmio Queer no Facebook)

Gremistas apoiam o movimento contra a intolerância (Imagem: Página Grêmio Queer no Facebook)

A página já tem quase 4 mil “curtidas” e serviu de exemplo pra outras torcidas brasileiras, inclusive as da dupla Gre-Nal! A Grêmio Queer e a QUEERlorado seguem a mesma proposta da Galo Queer, assim como a Palmeiras Livre  , a Cruzeiro Anti-Homofobia e a Corinthians Livre.

E os colorados também aderiram ao movimento! (Imagem: Página QUEERlorado no Facebook)

E os colorados também aderiram ao movimento! (Imagem: Página QUEERlorado no Facebook)

A tendência desse movimento é crescer cada vez mais, justamente com o impulso da rivalidade entre as torcidas, como acontece com qualquer coisa referente ao futebol. Dessa vez, a disputa será somente sobre qual a página com mais seguidores e servirá para promover o movimento. Torceremos para que a mensagem de paz e respeito seja bem aceita por todos 🙂

E viva a diversidade, seus lindos!


Tensão Pré Fluminense

05/04/2013

A hora decisiva está chegando! Com a volta de Dida ao gol, Fábio Aurélio de titular na lateral e Marco Antonio substituindo Elano, o Grêmio recebe o Fluminense na próxima quarta-feira, para mais um jogo importante pela Libertadores 2013. O tricolor gaúcho tem ainda duas partidas para definir se continua na disputa pelo tri da América ou dá adeus à competição.

O curioso dessa história é que, com a combinação de resultados, dois empates podem classificar o Grêmio… porém, uma vitória contra o Flu aliada a uma derrota contra o Huachipato do Chile pode decretar o fim da linha para os gaúchos. Isso mesmo, o tricolor pode se classificar com mais dois pontos, mas ser eliminado com mais 3!

Essa bizarra possibilidade se dá pela goleada do Huachipato em cima do Caracas na rodada desta semana, que deixou o Grêmio em 3º lugar no grupo 8. Caso não consiga vencer os chilenos na última rodada, o tricolor não se classificaria com suas próprias forças. Seria preciso torcer por uma derrota do Fluminense para o lanterna Caracas.

Zé será poupado contra o Cerâmica – Foto: Lucas Uebel

Para aumentar a tensão de todas essas combinações de resultados, o Grêmio levou dois sustos no treino desta quinta-feira. Elano e Zé Roberto se machucaram e deixaram o campo com dores. Apesar de suspenso para o próximo jogo da Libertadores, o camisa 7 é quem mais preocupa, já que pode ter sofrido uma entorse no joelho. Já Zé Roberto levou uma pancada no tornozelo e deve ser poupado no final de semana, para ter condições de enfrentar o Flu.

A penúltima partida gremista pela fase de grupos da Copa Libertadores acontece na próxima quarta-feira, dia 10, às 22h em Porto Alegre, na Arena do Grêmio.


Refletindo sobre a Seleção

22/03/2013

A Seleção Brasileira nos deu ontem mais uma amostra do que podemos esperar de seu desempenho sob a batuta de Felipão. Os brasileiros enfrentaram a Itália em um jogo amistoso, disputado na Suíça, que nos mostrou caras novas, mas futebol já conhecido.

Jogadores como Fred e Neymar se destacaram no empate em 2 a 2, enquanto o gremista Fernando foi uma agradável surpresa no time titular. O volante deu conta do recado, não sentindo o peso da camisa. Oscar apareceu bem, marcando um dos gols, embora sua atuação não tenha sido luxuosa. Como a de todo o resto da equipe, para falar a verdade.

Olhando para os selecionáveis de Felipão, eu me pergunto: realmente são esses os melhores atletas brasileiros de suas respectivas posições? Tenho sérias dúvidas quanto a isso.

felipão

Foi-se o tempo em que a convocação era um desfile de nomes indiscutíveis, galácticos que nos davam a certeza de estar sempre entre os favoritos para qualquer competição. Hoje, os nomes importantes estão mesclados com “semi-desconhecidos” da torcida e acabam não mostrando o mesmo futebol que exibem nos clubes.

Será tão ruim essa nova safra de jogadores? Não, não é por ai. A questão é que o entrosamento entre eles não rende o esperado para atletas de tão alto nível. E os treinadores, por vezes parecem esquecer do poder enorme que têm nas mãos… porque, ao contrário dos técnicos de clubes, que ficam a mercê do mercado restrito, falta de dinheiro e tudo o que já sabemos, quem treina a seleção pode escolher qualquer jogador brasileiro do mundo, QUALQUER um, é só chamar e pronto, o cara tá ali a disposição para jogar. Por quê, então, tanta dificuldade em montar novamente uma seleção brasileira vencedora?

Em breve teremos um novo amistoso, agora contra a Bolívia, no qual somente jogadores que atuam no Brasil serão chamados. Será um bom momento para observar as opções que temos dentro de casa para mudar a cara da seleção. Aguardaremos para ver se Grêmio ou Inter poderão colaborar para isso, especialmente com o “esquecido” Leandro Damião, que deve voltar ao time nessa oportunidade, e o ansioso Zé Roberto, que apesar da idade tá merecendo vestir a amarelinha mais que muito guri-boleiro por aí.

 

 


Outro 2 a 1 para a coleção

24/02/2013

Deu a lógica no clássico: os titulares do Internacional venceram a equipe reserva do Grêmio por 2 a 1 em Caxias do Sul e avançaram no Campeonato Gaúcho. Nada mais justo do que a vitória do time que valorizou a competição e foi com força máxima contra o rival.

O placar de 2 a 1, inclusive, tem sido rotineiro em Grenais. Os dois clássicos disputados este ano terminaram assim, ambos a favor do Internacional. Em 2012 também tivemos duas vezes esse mesmo resultado, assim como em 2011… e em 2009, o 2 a 1 aconteceu QUATRO vezes nos jogos da dupla! No placar geral dos “2 a 1” nesse meio tempo, foram seis vitórias coloradas e quatro gremistas. (Obrigada pela pesquisa, Matheus Schenk!)

No clássico desta tarde, os tricolores foram a campo com vontade e determinados a não dar vida fácil ao Inter.  Os colorados, cientes da sua superioridade técnica, começaram a partida com todo o gás, com direito a uma bola na trave logo no inicio do primeiro tempo. Mas a resposta veio em seguida, com o Grêmio reagindo e apertando a marcação no meio de campo, dificultando o trabalho de D’alessandro & Cia.

Forlán e Moledo contabilizam outro 2 a 1 a favor do Inter (Foto: Alexandre Lops)

Forlán e Moledo contabilizam outro 2 a 1 a favor do Inter (Foto: Alexandre Lops)

O desequilíbrio veio com o pênalti de Biteco em Forlán, que o próprio uruguaio cobrou. Apesar do esforço de Dida, que acertou o canto e se esticou todo, o chute forte de Forlán morreu no fundo das redes. A partir dai, o jogo tomou sua forma final: o Grêmio se segurando na marcação, mas sem nenhum poder ofensivo. Bom para o Inter, que fez valer seu futebol “superior” e manteve a vantagem, aproveitando os espaços para avançar e chegar ao segundo gol, marcado pelo zagueirão Moledo.

O Grêmio, já com Bertoglio e Willian José em campo, lutou o quanto pôde. O problema é que só luta não adiantou, faltou bola no corpo para mudar o resultado. Apenas o placar mudou, após pênalti de Josimar em Douglas Grolli. Willian José cobrou e descontou, decretando o placar final do clássico de número 396.

A baixa da tarde ficou por conta de Alex Telles, que teve um choque feio com Gabriel e saiu de campo direto para o hospital. O lateral tricolor sofreu traumatismo na face ao bater o rosto na nuca de Gabriel, foi atendido em um hospital de Caxias e já retornou para Porto Alegre, onde amanhã dará continuação ao tratamento. Provavelmente o atleta precisará passar por cirurgia, para corrigir o problema.

Agora o Inter pegará o Esportivo no próximo final de semana, pelas semifinais da Taça Piratini. Já o Grêmio dá uma pausa no Gauchão e segue com a preparação para os próximos jogos pela Copa Libertadores. No dia 05 irá enfrentar o Caracas, em Porto Alegre. Só resta confirmar se o palco da partida será a Arena ou o Estádio Olímpico.


Piratas da Arena

09/02/2013

Ele já chegou, já fardou e já prometeu gols. Hernán Barcos foi apresentado hoje como novo reforço tricolor para a temporada. Numa negociação rápida, que pegou os torcedores de surpresa, o Grêmio tirou o principal jogador do Palmeiras, que em troca recebe Leandro, Vilson, Rondinelly e Léo Gago, além de uma compensação em dinheiro e o pagamento de dívidas que o clube paulista tinha com o jogador e com a LDU.

Marcelo Moreno quase foi incluído no negócio, a pedido do Palmeiras. No entanto, as declarações fortes do pai de Moreno e a manifestação do jogador, que prefere permanecer no Grêmio, tornaram inviável a saída do atacante. Resultado: Moreno fica e Barcos assina com o Grêmio pelos próximos três anos.

O Pirata Barcos é do Grêmio! (Foto: Lucas Uebel)

O Pirata Barcos é do Grêmio! (Foto: Lucas Uebel)

A torcida tricolor recebeu o “Pirata” com festa, na manhã de hoje. Além dele, mais um reforço é esperado pelos gremistas: André Santos, lateral ex-seleção brasileira que estava no Arsenal da Inglaterra, deve desembarcar amanhã no aeroporto Salgado Filho.

O Grêmio não deve ter problemas para inscrever Barcos e André Santos na fase de grupos da Copa Libertadores. A CBF fará plantão nesse carnaval para encaminhar as inscrições, o que facilita a vida do tricolor, que temia não ter tempo hábil para contar com os reforços. Eles se juntam a Welliton e Adriano, recém-chegados, para a disputa da Libertadores.

Mas quero saber do torcedor gremista: satisfeito com o trabalho da direção? O time que está se formando empolga para a busca do tri?


Vermelhou no Gauchão

03/02/2013

Foi colorada a primeira comemoração de 2013. O Gre-Nal de número 395, disputado nesta tarde em Erechim, terminou com vitória de 2 a 1 do Inter em cima do Grêmio, fazendo valer o favoritismo de quem foi a campo com o time titular. O tricolor usou o time B, reforçado por alguns nomes do time principal. Mesmo com a diferença técnica entre as duas equipes, pode-se dizer que a partida foi parelha.

O Inter começou tomando conta do jogo, com boas jogadas armadas pelo meio de campo, onde Willians fez sua estreia em clássicos mostrando boa movimentação. O ataque de estrelas, no entanto, encontrou dificuldade contra a zaga tricolor, composta pelo titularíssimo Werley e o garoto Bressan, que vem mostrando personalidade e segurança na defesa, apesar da pouca experiência. O Grêmio logo se encontrou no jogo e passou a também levar perigo a Muriel, que precisou fazer algumas boas defesas.

Dupla colorada decidiu o clássico

Dupla colorada decidiu o clássico

O que fez toda a diferença foi a qualidade indiscutível de jogadores consagrados como Forlán e Damião, autores dos gols colorados. Forlán justificou o esforço que a direção colorada fez para contar com ele no clássico. Do outro lado, Fernando também mostrou sua estrela em meio a um time desentrosado, marcando o gol gremista justamente na sua cidade natal. Léo Gago também mostrou evolução nesse início de campeonato, arriscando vários chutes de fora da área.

Enfim, nada mal para um início de temporada!

Com a vitória, o Internacional chega a oito pontos no Grupo B do Gauchão. O próximo jogo será nesta quarta, contra o Lajeadense. Já o Grêmio permanece com 3 pontos ganhos no Grupo A e enfrenta o São José, também na quarta-feira.


%d blogueiros gostam disto: