O ídolo voltou, mas para ser de quem?

13/10/2012

Foto: Divulgação/Site Oficial do Fenerbahçe

No início do mês, o Fenerbahçe anunciou a saída de Alex após oito anos de clube. A especulação do principal motivo de sua saída é de que o clima entre técnico e jogador não estava nada amigável.

A rescisão gerou revolta nos torcedores do Fener que, cerca de duas semanas antes haviam inaugurado uma estátua em homenagem a Alex (foto), dessa vez foram até a casa do meia e fizeram protesto contra a diretoria que o dispensou.

Tristeza de uns, alegria de outros. Com o seu retorno para o Brasil confirmado, Alex passou a ser sonho das torcidas do Coritiba, Palmeiras e Cruzeiro, além de ser cogitado para atuar também no Grêmio.

O Coritiba é o seu time do coração, onde também foi revelado e se decidir ficar, estará próximo de sua família. Nessa semana, o irmão de Alex afirmou que ele já estava apalavrado com o clube paranaense e que só não irá para o Coxa se o time for rebaixado para a segunda divisão, onde o craque já disse que não gostaria de jogar.

Já o Palmeiras, time onde o jogador já foi campeão da Libertadores,  que disputará novamente a Copa Libertadores no ano que vem pela conquista da Copa do Brasil em 2012, diz ter uma proposta tentadora para o atleta, e tem a seu favor além da disputa no torneio das Américas, o centenário do clube em 2014. A diretoria do clube paulista pretende utilizar Alex para ações de marketing, porém, a permanência do time na primeira divisão fica difícil a cada rodada do Brasileirão, o que afastaria o meia do Palestra Itália.

Outro rival na contratação de Alex é o Cruzeiro, time pelo qual foi supercampeão no ano de 2003, conquistando o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. O time mineiro têm poucas possibilidades de ser rebaixado, o que o deixa à frente dos demais concorrentes.

Já o Grêmio, que está muito perto de conquistar uma vaga para a Copa Libertadores, tem como uma das vantagens, a amizade do jogador e do técnico Vanderlei Luxemburgo, ambos foram supercampeões juntos pelo Cruzeiro e o técnico peitou sua permanecia à época no clube.

Alex desembarcou hoje em Curitiba e se mostrou muito emocionado pela recepção de cerca de 200 torcedores do Coritiba. A torcida do Cruzeiro também se mobilizou e, através do Twitter, lançou a hashtag #VoltaProCruzeiroAlex.

Independente das diversas propostas, no desembarque Alex disse que já sabe em qual clube encerrará a carreira e, segundo ele, o “sortudo” será revelado em 10 dias.

E você, para qual time acha que o meia deverá ir?


Celso Roth viu Grêmio brilhar

15/07/2012

… e sem 3 volantes…

O encontro do Grêmio com o ex-técnico Celso Roth não foi lá muito favorável ao professor do Cruzeiro. Isso por que o tricolor de Porto Alegre fez três gols fora de casa e mandou um show de bola diante da equipe mineira com seus atacantes.

Foto: Gil Leonardi/Lancepress!

Já fazia tempo que os gremistas não viam um resultado bom no campeonato brasileiro. E diante do Cruzeiro, a coisa andava ainda pior. Mas era dia de apresentação de gente nova, portanto, nada como um plantel cheio de gás e novidade. Elano entrou no meio campo para diferenciar o contra-ataque.

O Cruzeiro foi “fixinha” para o azul celeste do RS, que construiu sua quinta vitória, ainda no primeiro tempo, quando abriu vantagem por cima de 2 gols. Apesar de atuar com um jogador a mais todo o segundo tempo, por causa da expulsão de Werley, o Cruzeiro não teve forças para se reabilitar na competição.

Com gols dos ex-cruzeirenses Marcelo Moreno e Kleber, ainda na etapa inicial, o Grêmio venceu o Cruzeiro, por3 a1, na tarde deste domingo, no Independência, após duas derrotas seguidas, impondo ao oponente o seu terceiro tropeço consecutivo, o segundo em sua casa. Dessa forma, as equipe gaúcha, que iniciou a partida uma colocação atrás do adversário, o superou, chegando a 15 pontos, um a mais que o clube celeste.

CRUZEIRO : Fábio, Diego Renan (Fabinho), Mateus, Léo e Everton (Souza); Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Tinga e Montillo; Wellington Paulista e Borges (Anselmo Ramon)
Técnico: Celso Roth

GRÊMIO : Marcelo Grohe; Tony, Werley, Gilberto Silva e Pará; Fernando, Souza, Elano (Marquinhos) e Zé Roberto; Kleber (Vilson) e Marcelo Moreno (André Lima)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo


Tinga é do Cruzeiro

17/05/2012

Esse Juarez…adora um volante.

E o que saiu hoje na coletiva de imprensa do Beira Rio é a venda do jogador camisa 7 colorado. Tinga, na sua segunda passagem pelo Internacional dá adeus ao Internacional e se muda para Belo Horinzonte, onde irá atuar pelo Cruzeiro.

Saiu num bom momento? Quem crê nisso? Pelo menos levantou a taça do Campeonato Gaúcho junto com os colegas. Celso Roth que assumiu o Cruzeiro a poucos dias, já abre o leque de suas cartadas para o Brasileirão.

Os mineiros teriam oferecido um contrato de 3 anos para o jogador.


Invictos é com a gente

15/02/2012

Segundo jogo do gauchão que o Inter pega um time que vinha forte, aguerrido, matador, invicto e o que acontece? Os titulares do Colorado entram com a sua elite em campo e apresentam um bom futebol de desbancar qualquer timão de campeonato.

O Cruzeiro tinha jogador chamado Tinga, tinha Jô mas nem os nomes sendo casados não foram suficientes para bater o Internacional. Tão pouco o volante Faísca conseguiu acender um fogo para o seu time. Totalmente compreensível a perda do Cruzeirinho diante do Internacional (time completo da Libertadores) dentro do Beira Rio. Mas a vitória do time de vermelho deu mais um bom gás na equipe por alguns fatores:

No primeiro tempo, além do torcedor ver que Oscar continua com elegância, o primeiro gol saiu dos pés de Dagoberto. E agora, o camisa 20 do Inter já virou o goleador do Internacional no campeonato gaúcho com 3 gols.  Dagol fez a jogada SOZINHO, passou por todo mundo e deu um toquinho de ponta de pé bonito.

Foto: Ricardo Rimoli/Agência Lance

No segundo tempo, o Inter continuou mais forte e tentando cada vez mais. Mostrou isso com Leandro Damião por várias vezes. Mas o segundo gol saiu da cuca de Rodrigo Moledo que na cobrança de escanteio levantou mais que todo mundo e finalizou com o segundo.

A vitória foi boa? Foi! Mas ainda no primeiro tempo, o Inter perdeu um pênalti com D’Alessandro chutando diretamente a trave – Bom, todo mundo erra um dia.

O Cruzeiro estava invicto, porém perdeu 6 pontos por causa da inscrição inválida do jogador Jô (é, do Cruzeiro).

O Inter agora é o líder da chave 1  com 13 pontos.

INTERNACIONAL: Muriel; Elton, Rodrigo Moledo, Índio e Kleber; Sandro Silva, Bolatti, Oscar (João Paulo) e D’Alessandro; Dagoberto (Dátolo) e Leandro Damião (Jô)

CRUZEIRO-RS: Fabio; Marcio, Claudinho, Leo Carioca e Tinga; Almir, Abuda, Faísca, Jean Paulo; Jô e Gavião (Maxwal)


Dá série: Você lembra?

04/01/2012

Nesse vai e vem de jogadores de todo o Brasil e exterior, ficamos esquecidos de algumas figuras que passaram pelos nossos times queridos. Uns não fizeram muita coisa, outros foram bem relevantes para algumas conquistas. Mas depois que vai para um time da Europa que não é tão badalado quanto um Barcelona, a gente perde um pouco da memória de umas pintas. Esse é o caso de Walter. Colorados, lembram dele?

Walter, ex-Internacional atuará agora pelo Cruzeiro por emprestimo. No Inter, o rapaz ajudou nas conquistas do campeonato estadual de 2009 e a Libertadores de 2010. Como estava em alta no clube gaúcho, transferiu-se para o time do Porto pela bagatela de 6 milhões de euros.

Não sendo muito aproveitado no time português, o cara então decidiu que gostaria de voltar para o Brasil. Não só o Cruzeiro demonstrou interesse como outros times (não brasileiros – Lille e Lens da França). Walter atuava no ataque no Internacional e fez muitas redes balançarem no vermelho gaúcho. É uma boa opção para o Cruzeiro.


Foco em 2012

16/11/2011

Mais que rapidamente, o Grêmio dispara na corrida das contratações para o próximo ano. O seu motor foi aquecido e as novidades chegaram no Largo dos Campeões e pediram a chave da sala de troféus.

Na raia número 1 aparece Felipe Nunes. 21 anos. Destaque do Independente de Limeira. Campeão da segunda divisão paulista. Joga na meia. Fica por 4 anos na equipe. Chega bombando dia 3 de janeiro.

Na raia de número 2 aparece o protagonista da novela Kléber. 28 anos. Gladiador de Cruzeiro e Palmeiras. Um pouco barraqueiro. Joga no ataque. Fica por 5 anos. Será utilizado também na campanha de 2012.

Os cavalinhos estão se aquecendo para uma longa jornada gremista de Gauchão, Copa do Brasil  Sulamericana e Campeonato Brasileiro. Façam suas apostas!


Uma muralha no caminho do Inter

13/11/2011

“No meio do caminho tinha Fábio, tinha Fábio no meio do caminho…”

Jogando fora de casa, contra um adversário doido da Silva para se distanciar do Z4, o colorado não demonstrou em campo o que refletiu no placar. Foi aguerrido, partiu pra cima, mesmo sem Damião. No colorado, quando o craque está ausente, os meias dão uma baita ajuda ao ataque, que neste domingo teve Gilberto. Mas  o Cruzeiro tinha uma muralha.

O primeiro tempo teve leve superioridade do lado vermelho. Enquanto Tinga, D’Alessandro e Gilberto alternavam chutes a gol, Fábio se consagrava cada vez mais embaixo das redes. Só se viram grandes defesas do goleiro cruzeirense. E, em um lance de contra-ataque, Farias recebeu cruzamento e fez o único gol da partida, aos 19min do primeiro tempo. O colorado continuou pressionando, mas parava nas mãos de Fáááááááábio (A torcida colorada terá pesadelos com este nome…).

Farías foi responsável por respiro cruzeirense no campeonato (Foto - Washington Alves/Vipcomm)

Aos 7min da etapa complementar, um lance determinante para a derrota colorada: Elton pôs a mão na bola e recebeu o segundo amarelo. Expulso! Aí o time gaúcho perdeu seu ímpeto, e permitiu mais chegadas do Cruzeiro. Muriel fez contraponto com Fábio e também realizou grandes defesas.

Dorival tentou mandar o time à frente, sacou Bolatti, D’Alessandro e Gilberto para entrada de Andrezinho, João Paulo e Zé Roberto. Mas, com um a menos e com Fábio do outro lado, pouco conseguiu fazer além de pressionar. Fim de jogo e desilusão colorada, que agora precisa vencer os 4 jogos restantes se quiser continuar sonhando com a vaga na Libertadores de 2012. Difícil, mas não impossível.


%d blogueiros gostam disto: