Contagem regressiva

20/05/2013

Não sei vocês, mas eu estou contando os dias para ver a Seleção Brasileira em campo na disputa da Copa das Confederações. Estou ansiosa para ver com os meus próprios olhos e em tempo real a atuação dos convocados pelo Felipão e, não só isso, para ver como se dará todo o processo de recepção dos turistas, dos torcedores que irão acompanhar as partidas da competição. Estou torcendo para que não dê nada errado, que façamos bonito nessa que é uma prévia para o tão esperado Mundial de 2014, no entanto estou com um baita pé atrás. Não quero ver a seleção canarinho fazendo feio dentro das quatro linhas, tampouco fora delas.

Acredito, sim, que a Copa das Confederações seja uma espécie de teste para a competição principal do ano seguinte, acredito também que os erros sejam entendidos, compreendidos, mas, principalmente, ajustados. Na questão estrutural, de logística, mobilidade, o Brasil pode penar agora no meio do ano, só não pode ver os erros e não fazer nada para que melhoremos para 2014. E isso também acontece em campo: acho que não levaremos essa taça, mas a frustração não pode tomar conta da torcida, bem como da delegação. Nossa seleção passou por um período de transições nos últimos quatro anos. Troca de técnico no meio do caminho, queda de rendimento de grandes nomes, surgimento de novas esperanças de bom futebol… Bem ou mal é agora que o time para o ano que vem está sendo montado, esse é o teste principal e, como todo teste, perigamos bailar, fazer feio, decepcionar, mas sem fazer terra arrasada e pensar em reformulação pro mundial, longe disso!

tatu-da-copa

Bom, vamos ao que interessa pra hoje! A CBF, entidade máxima do futebol brasileiro, adiou hoje pela manhã a apresentação da Seleção para o período da Copa das Confederações. A data que seria dia 27, foi alterada pro dia 28 às 19h e o grupo de jogadores se apresenta à comissão técnica no Rio de Janeiro. A mudança, de acordo com com nota publicada, aconteceu porque todos os jogadores que atuam na Europa só teriam condições de chegar ao Brasil no início do dia 28, em função do calendário dos seus clubes.

Mesmo com a alteração, nem todos os jogadores se apresentarão juntos. Fred, Cavalieri e Jean, do Flu, Revér e Bernard, do Galo, se juntam ao grupo apenas no dia 30, já que têm pela frente a disputa das quartas-de-final da Libertadores da América.

 


A Copa dos Gaúchos

20/10/2011

Oficialmente fora da Copa das Confederações e com 5 jogos para  receber pela Copa do Mundo. Esta é a realidade de Porto Alegre.

Muitos acham injusto nossa capital gaúcha ter ficado de fora da competição que antecede a Copa em 2013 e usufruir apenas de 4 jogos da 1ª fase e um das oitavas em 2014.

Pois eu acho justo! Não pela cidade, nem pelos gaúchos, mas sim pelo trabalho lento que vinha sendo feito no Beira-Rio, pelas confusões com construtora e não-cumprimento de prazos e, também, pela distância geográfica que, infelizmente, Porto Alegre está do centro do País. É natural que os jogos sejam em locais mais próximos e isto dá mais um ponto negativo para nós.

E, convenhamos, São Paulo, tão paparicada, sediará 5 jogos. Poderia ser melhor para gente? É claro, a distância complica, mas não impede. O que pesou foram as obras do estádio mesmo.

Projeto do Beira-Rio para Copa 2014

Aliás, o caso está tão crítico que está sendo ventilado que Ricardo Teixeira estuda possível troca da sede de Porto Alegre para a Arena do Grêmio, caso persista o impasse entre Inter e a construtora Andrade Gutierrez.

A tabela completa dos jogos da Copa do Mundo de 2014 pode ser encontrada aqui:

http://pt.fifa.com/mm/document/tournament/competition/01/52/99/91/2014fwc_matchschedule.pdf

E tu, gaúcho, o que achastes de tudo isso? Papelão? Injustiça? Solta o verbo, tchê!


Ainda bem que pude te ver jogar

07/06/2011

Hoje é dia de jogo da Seleção, mas não é de Mano, Neymar, Canarinho que vamos falar.

Todos os veículos já estão prestando suas homenagens. Não iríamos agir diferente pois o homem em questão é pentacampeão do mundo, artilheiro de Copas, arrecada tudo que é taça por onde passa e desde cedo é exemplo de persistência e coragem. Ladies & Gentlemen, estamos falando de Ronaldo Luís Nazário de Lima. Mas pode chamar de Ronaldinho ou FENÔMENO.

Esse cara aí eu posso dizer para os meus netinhos que tive a honra de vê-lo jogar. Também pudera, não é? Ele simplesmente carrega nas costas 2 Copas do Brasil (Cruzeiro e Corinthians) 1 Campeonato Mineiro (Cruzeiro), 1 Copa dos Países Baixos (PSV Eindhoven), 2 Supercopas da Espanha (Barcelona e Real Madrid), 1 Recopa Europeia (Barcelona), 1 Copa da Espanha (Barcelona), 1 Copa da UEFA (Internazionale), 1 Copa Intercontinental (Real Madrid),  2 Campeonatos Espanhóis (Real Madrid), 1 Campeonato Paulista (Corinthians), 2 Copas do Mundo, 2 Copas América e 1 Copa das Confederações. Ta pouco? Calma… Ele também conquistou 3 VEZES (sim, 3) o título de Melhor Jogador do Mundo FIFA e mais uma vasta lista de homenagens e troféus por onde passou. Não falo todo o resto aqui por que já chega!

Não tenho muitas palavras para descrever esse Rei da Bola que tanto nos encantou com seus dribles e passes geniais. Mas não só pela sua quantidade de gols (que convenhamos, minha gente, foram muitos) mas pela sua garra, sua coragem, sua determinação. Por toda vontade de ser jogador com a infância pobre e a falta de moedas para pegar as conduções e ir treinar. Por toda sua dor que nos agoniou e chocou na Copa de 98 e seguida outras vezes depois. O joelho que tanto atrapalhou e mesmo assim não tirou a sede de título e o jeito Ronaldinho de brilhar em campo. Por tudo isso, por todo aquilo, hoje o Salto Alto é seu, Fenômeno.

A aposentadoria de Ronaldo foi anunciada no início do ano, após a desclassificação precoce da Copa Libertadores da América (jogando pelo Corinthians). As dores no corpo e a condição física do nosso amigo impossibilitou a estrela maior de brilhar. Ficamos sem o seu belo futebol cedo (Ronaldo tem 34 anos).

Porém, hoje poderemos ver pela última vez o  (que íntima) usando a amarelinha. De acordo com o Jornal do Comércio, o craque entrará nos 30 minutos do primeiro tempo ficando até o intervalo. As lágrimas e a emoção serão impossíveis de ser contidas. Se sair um gol então, o negócio desaba. Portanto, liga a TV (ou nos segue no twitter que estaremos fazendo o min a min da partida) às 21h50min (famoso horário pós novela) para curtir Brasil x Romênia.

Ronaldão, valeu mesmo!


%d blogueiros gostam disto: