Ainda vivemos na era dos dinossauros

28/04/2014

Era da tecnologia, país em desenvolvimento, internet sem fio em todos os lugares, educação multimídia e mesmo assim ainda lemos nos jornais notícias que relatam casos de racismo. Casos esses que são sofridos no meio de competições esportivas. Não, nós não vivemos no século XXI.

racismo

Não é de imaginar que um dia não ficaremos mais impressionados com tamanho desrespeito que nosso povo ainda sofre. Podemos sim sonhar com um mundo que não precise mais fazer campanha na internet, pois termos que ainda falar sobre isso é o fim de tudo. É o fim olharmos com desdém para o próximo. É o fim acharmos que a cor da pele vai definir quem você é ou não. É o fim sermos feridos com palavras rudes, gestos feios e mímicas sem educação. É o fim termos que nos unir por algo que não deve ser a nossa luta, que não deve ser nada. Pois o branco, amarelo e preto é apenas uma cor. E só.Me admira o esporte ainda acolher atitudes tão irracionais quanto essa, pois por mais que nos chamem de macacos, ainda somos racionais. Somos humanos.

Até quando teremos que nos conformar com tamanha imbecilidade de alguns. É inimaginável no esporte, onde a união das cores é o que deixa mais bonito os eventos, assistirmos alguém tocar um objeto que remeta à racismo. É incompreensível no futebol, onde a maioria dos jogadores são negros, um atleta ter que esconder do filho os episódios horríveis que passou por causa de sua pele. Porém, ficamos felizes quando um desses homens, que orgulha-se de sua raça, virar a costas para os agressores, pegar uma banana que foi tocada e aí sim, comer. Afinal, parece que ninguém está morrendo de fome no planeta, não é mesmo?

No Brasil cerca de 30% da população se considera negra ou parda. No mundo, temos diversas cores que formam as raças da população. Porém, uma pesquisa mostra que a chance de um jovem negro ser morto é 130% a mais que um jovem branco. E ninguém da bola para isso? Não! Você atravessa a rua a noite se vê um homem afro caminhar contra a sua direção. Nos bancos os olhares desconfiados sempre ficam em cima daquele que não tem a mesma cor que você. E você ainda acha que isso não é racismo. Será?

Também estou adepta, por mais que esse assunto já deveria ter sido extinto de tudo, à campanha #SomosTodosMacacos. Termino meu texto hoje citando a frase de um homem que sofreu por sua cor, foi aplaudido por sua cor, fez história com a sua cor e será eterno por sua cor. “Sonho com o dia em que todos levantarão e compreenderão que foram feitos para viverem como irmãos.” (Nelson Mandela)

#SomosTodosMacacos

#SomosTodosMacacos

Anúncios

Avançando

25/10/2012

Foi um Grêmio bem diferente do que estávamos acostumados a ver no Campeonato Brasileiro, o qual ele briga constantemente pela primeira colocação. A Copa Sulamericana passou como um jogo de amistoso qualquer. De repente não pela vontade do Tricolor ou do Barcelona – EQU, e sim pela falta de animo que a partida apresentou para quem a viu.  Mas mesmo assim, a falta de vontade do primeiro tempo não abalou o segundo. Já que a vitória chegou de virada.

Quem merece maior destaque é o goleiro Banguera, que trabalhou ardosamente defendendo gols de Marcelo Moreno, Kleber e Werley. Tanto no primeiro quanto no segundo tempo, pois por mais que o Grêmio tenha aparecido mais na grande área, quem ameaçou fazendo um golzinho foi Mina, do Barcelona. Oyola aciona Díaz pela lateral de área faz o cruzamento rasteiro para Mina, que completa para o fundo das redes. Foi a primeira participação do atleta no jogo. E isso bastou para tirar o Tricolor do sério. Afinal, o 0x1 levaria a decisão para os pênaltis em pleno Olímpico.

Mas o empate veio dos pés do próprio Barcelona de Guayaquil. Anderson Pico apoia pela esquerda e cruza para a área. Perlaza tenta cortar e empurra e marca CONTRA. E ainda no final do jogo, para a alegria e alívio do torcedor gremista, Zé Roberto só apareceu para finalizar de falta e fixar mesmo a virada.

Resultado: O Grêmio vence por 2 a 1 o Barcelona-EQU e está classificado às quartas de final da Sul-Americana! Na próxima fase, pega o Millonários, da Colômbia


Dinheiro versus futebol

25/06/2012

Voltei de viagem faz uns dias, e na bagagem veio junto um pensamento sobre o futebol internacional que quero compartilhar aqui com vocês.

Por muito tempo, nós, sul-americanos, tivemos o domínio do futebol. Não só o futebol bonito, mas também o de resultado, com Brasil e Argentina como protagonistas.

Nessa época, a Europa tinha o dinheiro; nós, o futebol. E pro brasileiro acostumado com a política do pão e circo, isso bastava em época de Copa do Mundo.

Mas o futebol do século 21 mudou. Agora, nós temos o dinheiro; eles, o futebol.

A Europa em crise parece jogar um futebol bonito, vistoso, protagonizado por uma Espanha com 40% de desemprego entre os jovens.

E nós, em épocas de pleno emprego, temos que nos contentar com os dribles isolados do Neymar. Fizemos fiasco nas últimas Copas do Mundo, e o tão aclamado Santos dos meninos da Vila caiu feio diante do especial Barcelona.

Assim, eu fiquei pensando: quem tem dinheiro, compra os melhores jogadores do mundo. Quem não tem, precisa fabricar jogadores em casa, nas categorias de base.

E será que aí está a receita do sucesso? O investimento na base, e não nos milhões necessários pra comprar um jogador já formado?

Por isso que o Barcelona das categorias de base fortes foi tão superior nos últimos anos ao galático e milionário Real Madrid?

É de se (re)pensar…

***

Justamente sobre esse aspecto que vou falar sobre a notícia que ouvi quando voltei de viagem: a de que Leandro Damião seria comprado por muitos (MUITOS) milhões por mais um daqueles times comandados por milionarios do petróleo ou empresários russos (esses países sim tem muito dinheiro e pouco futebol).

Pensar em perder o Damião no meio do ano não é nada agradável pros colorados. Mas, considerando a lógica escrita acima, nada mais certo. Assim, com esses vários milhões, o Inter vai poder investir nas categorias de bases pra seguir revelando jogadores espetaculares como os últimos Nilmar, Sobis, Damião e Pato.

Até que não me soa tão ruim…

***

Quanto ao jogo de ontem, uma rápida consideração: não fizeram mais do que a obrigação. Pra mim, a cabeça do Dorival segue na guilhotina.

***

Clarissa Londero

levantando a bandeira vermelha no Salto Alto Futebol Clube


Gràcies Pep!

27/04/2012

Homenagem do Barcelona ao técnico vencedor, Pep Guardiola.

 

De arrepiar!


Os grandes também se vão

27/04/2012

Se confirmou, aconteceu. Depois de 3 derrotas em jogos importantíssimos, o técnico Guardiola pediu bandeira branca e mandou um “vai na venda” no time do Barcelona.  O cara ficou no comando do time Campeão do Mundo de 2011 por longos 4 anos. Quem seguira no comando do time catalão será o auxiliar Tito Vilanova.

– Não é uma situação fácil pra mim. Lamento a incerteza que gerei por conta disso. É um erro que assumo. Mas a exigência como treinador é muito grande. Por isso renovava de ano em ano. Quatro anos é uma eternidade como treinador do Barça. No início de dezembro, comuniquei ao presidente e ao Zubizarreta que minha etapa aqui estava acabando. Mas eu não podia dizer isso aos jogadores, pois o treinador é um dos pilares no vestiário… Desgasta tudo, e tem me desgastado. Esta é a principal razão para a minha saída- disse o treinador.

A principal razão para Guardiola abandonar a equipe não é apenas seu escaço tempo na equipe. Sua eliminação diante do Chelsea, na terça-feira fez o professor multi campeão rever seus conceitos.

Com o Barça, Josep Guardiola arrecadou:

Campeonato Espanhol: 2008–09, 2009-10 e 2010-11
Copa do Rei: 2008–09
Supercopa da Espanha: 2009, 2010, 2011
Liga dos Campeões da UEFA: 2008–09, 2010-11
Supercopa Europeia: 2009, 2011
Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2009, 2011
Copa Audi: 2011
Troféu Joan Gamper: 2008, 2010 e 2011


Escolhendo o 1º adversário.

16/03/2012

* Escrito por Roberta Konzen

Parece que 2012 é o ano de falar dos Estádios da dupla Gre-Nal.

A notícia pelo lado Tricolor é sobre a estreia da Arena. O Grêmio quer um clube europeu para disputar a primeira partida na sua nova casa e a ideia é que seja um dentre aqueles que disputam atualmente a Champions Legue.

Na lista de pretendentes consta o todo poderoso Barcelona de Messi, além de Real Madrid, Chelsea, Milan, Bayern de Munique, entre outros.

Dirigentes do clube já mexeram os pauzinhos e entraram em contato com alguns deles. O único empecilho seria se o escolhido fosse o Campeão da competição, pois o mês de estreia da Arena coincide com a disputa do Mundial de Clubes, em dezembro.

Além dos times já citados, hoje a tarde um velho conhecido dos tricolores acrescentou uma opção: Lucas Leiva entusiasmou a torcida gremista ao dizer que para ele seria um sonho ver Grêmio x Liverpool (seu atual time) inaugurando a Arena. A gremistada apoiou a ideia que acabou nos assuntos mais comentados do dia no microblog.

Resta saber agora se o jogo será apenas um amistoso amigável, ou se será para valer. Vamos combinar que apesar de toda grandeza em convidar um clube deste porte para o evento, ficaria chato perder a primeira partida do novo Estádio, né?


Primeiro passo para o Tri.

15/12/2011

E se o assunto do dia aqui pelo Sul foi o Mundial do ano passado, tem uma torcida lá no litoral de São Paulo que está aliviada por não repetir o feito colorado…

O Santos enfrentou o time japonês Kashiwa e obteve vitória por 3×1. Os gols marcados por Neymar, Borges e Danilo garantiram os brasileiros na final, neste domingo.

Neymar vibra com gol em cima dos japoneses (Foto - Reuters)

Apesar do resultado confortável, os japoneses trouxeram uma certa dificuldade ao eterno time de Pelé, pressionando a nervosa defesa santista até o final da partida. Mas o brilho e as jogadas individuais dos meninos da Vila foram decisivos para avançar na competição.

Embora a breve  pesquisa realizada aqui no Salto Alto mostre que a maioria está mais pela torcida do time de Messi do que o de Neymar, futebol é sempre futebol, ainda mais um Mundial de Clubes.

Agora, o Santos aguarda o vencedor entre Barcelona e Al-Sadd, jogo que acontecerá amanhã, a partir das 8h30. Vamos acompanhar se os favoritos irão prevalecer…


%d blogueiros gostam disto: