Refletindo sobre a Seleção

A Seleção Brasileira nos deu ontem mais uma amostra do que podemos esperar de seu desempenho sob a batuta de Felipão. Os brasileiros enfrentaram a Itália em um jogo amistoso, disputado na Suíça, que nos mostrou caras novas, mas futebol já conhecido.

Jogadores como Fred e Neymar se destacaram no empate em 2 a 2, enquanto o gremista Fernando foi uma agradável surpresa no time titular. O volante deu conta do recado, não sentindo o peso da camisa. Oscar apareceu bem, marcando um dos gols, embora sua atuação não tenha sido luxuosa. Como a de todo o resto da equipe, para falar a verdade.

Olhando para os selecionáveis de Felipão, eu me pergunto: realmente são esses os melhores atletas brasileiros de suas respectivas posições? Tenho sérias dúvidas quanto a isso.

felipão

Foi-se o tempo em que a convocação era um desfile de nomes indiscutíveis, galácticos que nos davam a certeza de estar sempre entre os favoritos para qualquer competição. Hoje, os nomes importantes estão mesclados com “semi-desconhecidos” da torcida e acabam não mostrando o mesmo futebol que exibem nos clubes.

Será tão ruim essa nova safra de jogadores? Não, não é por ai. A questão é que o entrosamento entre eles não rende o esperado para atletas de tão alto nível. E os treinadores, por vezes parecem esquecer do poder enorme que têm nas mãos… porque, ao contrário dos técnicos de clubes, que ficam a mercê do mercado restrito, falta de dinheiro e tudo o que já sabemos, quem treina a seleção pode escolher qualquer jogador brasileiro do mundo, QUALQUER um, é só chamar e pronto, o cara tá ali a disposição para jogar. Por quê, então, tanta dificuldade em montar novamente uma seleção brasileira vencedora?

Em breve teremos um novo amistoso, agora contra a Bolívia, no qual somente jogadores que atuam no Brasil serão chamados. Será um bom momento para observar as opções que temos dentro de casa para mudar a cara da seleção. Aguardaremos para ver se Grêmio ou Inter poderão colaborar para isso, especialmente com o “esquecido” Leandro Damião, que deve voltar ao time nessa oportunidade, e o ansioso Zé Roberto, que apesar da idade tá merecendo vestir a amarelinha mais que muito guri-boleiro por aí.

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: