Entre boas e ruins

A rodada nº 36 do Campeonato Brasileiro traz algumas novidades, ou não tão novas…Então vamos de novo: A rodada do Brasileirão foi cheia de fatos. Bons e ruins. Daí surge aquela pergunta: “qual você quer primeiro”?

Não deu, Palmeiras. Foto: divulgação

Acho que vou começar pelo ruim. E por incrível que pareça não é de inter que vamos falar – só no próximo parágrafo – a nova (já prevista) da semana é a oficialização do rebaixamento do time paulista após a última rodada. Um combinado de resultados: Portuguesa que empatou. Love, revelado pelo Palmeiras, que balançou a rede contra o verdão. Os demais times paulistas que estão fazendo a festa em “velar o porco”. Uma última colocação sobre o Palmeiras: seu rebaixamento aconteceu exatos 10 anos após a queda de 2002. Uma década para esquecer. Ou não: ano que vem tem Libertadores.

E por falar em time paulista, libertadores e afins. O Corinthians que está com a cabeça no mundial conseguiu arrancar vitória por 2 a 0 fora de casa. E qual era a casa? A casa do Inter que vem mostrando uma campanha muito aquém do que esperavam seus torcedores no início do ano: ano de Dagoberto, Dátolo, Forlán…E por aí vai. Foi a décima primeira derrota do time – terceira consecutiva – que somados aos 12 empates compõem uma campanha digna de meio de tabela. E ao colorado resta apenas cumpri-la: Portuguesa e Grêmio, respectivamente.

Foto: divulgação

Grêmio. Após a derrota para o Millionários e eliminação na Sul Americana ontem foi mais um dia de superação para o tricolor que está tranquilo na parte de cima da tabela. A Portuguesa precisava vencer. E saiu vencendo, com dois gols. Aqui, podemos reiterar, no entanto que ainda no primeiro tempo o tricolor gaúcho teve um gol mal anulado. Mas juiz não pode barrar quem tem André Lima no banco. Decisivo como contra o São Paulo ele foi lá e descontou. Empate. Serviu para a Lusa que só não rebaixava o Palmeiras em caso de derrota.

Com o resultado da rodada o Grêmio está praticamente com as pernas para o ar. É vice líder e tem vaga na Libertadores. Mas não, não será possível sonhar além. A taça já tem dono e foi levantada ontem pelo Fluminense. A derrota por 2 a 0 para o Cruzeiro não existiu perante o torcedor.  Afinal de contas, a partida não passou de uma formalidade para entregar a taça ao mais novo campeão brasileiro. Tarefa para o capitão Fred que levantou a taça pela primeira vez e levou mais de 35 mil torcedores presentes ao estádio ao delírio.

É Campeão! Foto: André Durão

Confira agora drops do que mais rolou na rodada:

*Recorde de público: mais de 62 mil pessoas foram assistir o São Paulo bater o Náutico por 2 a 1. Na humilde opinião desta saltete o melhor jogo da rodada. Fabuloso destruindo e Miranda mais ainda. O resultado garante o tricolor paulista na Libertadores.

*O estigma de um dos piores mandantes não foi suficiente. Bahia bateu a Ponte por 1 a 0 em Pituaçu.

*Fim da má sequencia: faziam SETE rodadas que o Vasco não vencia. Até ontem quando de virada derrotou o Coxa fora de casa.

*E o Galo Mineiro segue passando trabalho nesse returno. Dessa vez não conseguiu bater o lanterna Atletico-GO. E quase perdeu, se não fosse pelo gol de R49 ao fim do jogo (opinião de saltete novamente – gastou bola esse Ronaldinho).

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: