O ídolo voltou, mas para ser de quem?

Foto: Divulgação/Site Oficial do Fenerbahçe

No início do mês, o Fenerbahçe anunciou a saída de Alex após oito anos de clube. A especulação do principal motivo de sua saída é de que o clima entre técnico e jogador não estava nada amigável.

A rescisão gerou revolta nos torcedores do Fener que, cerca de duas semanas antes haviam inaugurado uma estátua em homenagem a Alex (foto), dessa vez foram até a casa do meia e fizeram protesto contra a diretoria que o dispensou.

Tristeza de uns, alegria de outros. Com o seu retorno para o Brasil confirmado, Alex passou a ser sonho das torcidas do Coritiba, Palmeiras e Cruzeiro, além de ser cogitado para atuar também no Grêmio.

O Coritiba é o seu time do coração, onde também foi revelado e se decidir ficar, estará próximo de sua família. Nessa semana, o irmão de Alex afirmou que ele já estava apalavrado com o clube paranaense e que só não irá para o Coxa se o time for rebaixado para a segunda divisão, onde o craque já disse que não gostaria de jogar.

Já o Palmeiras, time onde o jogador já foi campeão da Libertadores,  que disputará novamente a Copa Libertadores no ano que vem pela conquista da Copa do Brasil em 2012, diz ter uma proposta tentadora para o atleta, e tem a seu favor além da disputa no torneio das Américas, o centenário do clube em 2014. A diretoria do clube paulista pretende utilizar Alex para ações de marketing, porém, a permanência do time na primeira divisão fica difícil a cada rodada do Brasileirão, o que afastaria o meia do Palestra Itália.

Outro rival na contratação de Alex é o Cruzeiro, time pelo qual foi supercampeão no ano de 2003, conquistando o Campeonato Mineiro, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. O time mineiro têm poucas possibilidades de ser rebaixado, o que o deixa à frente dos demais concorrentes.

Já o Grêmio, que está muito perto de conquistar uma vaga para a Copa Libertadores, tem como uma das vantagens, a amizade do jogador e do técnico Vanderlei Luxemburgo, ambos foram supercampeões juntos pelo Cruzeiro e o técnico peitou sua permanecia à época no clube.

Alex desembarcou hoje em Curitiba e se mostrou muito emocionado pela recepção de cerca de 200 torcedores do Coritiba. A torcida do Cruzeiro também se mobilizou e, através do Twitter, lançou a hashtag #VoltaProCruzeiroAlex.

Independente das diversas propostas, no desembarque Alex disse que já sabe em qual clube encerrará a carreira e, segundo ele, o “sortudo” será revelado em 10 dias.

E você, para qual time acha que o meia deverá ir?

Uma resposta para O ídolo voltou, mas para ser de quem?

  1. Acho que ele deve ficar no Coxa, o Palmeiras mesmo que permaneça na primeira divisão, fato que se torna cada vez mais difícil rodada após rodada, vive um momento complicado em função de sua política interna, e caso Alex retorne ao Palestra Itália, corre o sério risco de ter o mesmo destino de Felipão e outros ídolos repatriados, enquanto o Palmeiras não exorcizar seus próprios demônios não voltará a ser o time vencedor de décadas atrás.
    Quanto ao Cruzeiro, não creio que ele tenha tanta identificação com o clube de Minas, afinal passou pouco tempo no clube, e ganhou tudo em um período curto, mas na minha opinião isso não cria identificação com o clube, há jogadores que jogam anos em um mesmo clube, sem ganhar um único título, mas são ídolos inquestionáveis. E mais um fato que pesa, quando ele saiu do time cruzeirense, após uma eliminação na Taça Libertadores, saiu como vilão para boa parte da torcida, então…
    No Coritiba há vários fatores que pesam, mas o principal, é que ele estará jogando no time do coração e próximo de seus familiares.
    O Grêmio corre por fora, mas se comparado ao Cruzeiro eu diria que tem até mais chances do que o time mineiro, é bem provável que o tricolor gaúcho conquiste a vaga para a disputa da Libertadores da América 2013 (fato que só não ocorrerá, caso haja uma tragédia das proporções da ocorrida com o Palmeiras de 2009) e confirmando-se isso, eles teriam ainda mais um trunfo, Wanderley Luxemburgo tem ótimo relacionamento com o jogador, sendo um dos responsáveis por levá-lo ao Cruzeiro em 2003, e isso pode ser um fator determinante.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: